Chegou a hora da verdade para o Campeonato Paulista. Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo contra quatro pequenos. A propósito, você tem ideia de quantas vezes as semifinais do Estadual foram disputadas apenas pelos quatro grandes? Pois saiba que isto só ocorreu em nove ocasiões. E que o Palmeiras, em tal situação, jamais conseguiu ser campeão.

Conheça os anos e os vencedores dos títulos: 1969 – Santos, 1983 – Corinthians, 1987 – São Paulo, 1997 – Corinthians, 1999 – Corinthians, 2000 – São Paulo, 2009 – Corinthians, 2011 – Santos e 2015 – Santos. Como se observa, o Timão conquistou quatro campeonatos, e o Peixe três, e o Tricolor, dois.

O curioso é que das oito decisões, só uma foi realizada num quadrangular por pontos corridos, a de 1969

O curioso é que das oito decisões, só uma foi realizada num quadrangular por pontos corridos, a de 1969. O Santos ficou com cinco deles, o Palmeiras quatro, o São Paulo três, e o Corinthians zero. Será que em 2015 o Verdão sai da fila?

Na realidade, e embora Audax, São Bernardo e Red Bull sejam adversários difíceis, apenas um dos quatro duelos das quartas de final tem história, o que acontecerá na Vila Belmiro, entre Santos e São Bento. Ambos se enfrentaram pela primeira vez, pelo Paulistão, em 14 de julho de 1963. O Peixe, jogando em casa, ganhou por 3 a 1, gols de Coutinho, Dalmo e Dorval, descontando Picolé. No total, são 56 partidas, com 27 vitórias alvinegras, sete do time de Sorocaba, além de 22 empates. No campeonato de 2015 deu 2 x 2, em 29 de março, também na Vila. Os artilheiros, desde 1963, são Pelé, com 11 gols, Toninho Guerreiro, nove, Edu, oito, e Roberto Bazzani, o Bazzaninho, talvez o maior ídolo da história do São Bento, que marcou seis vezes.

O Santos não vence o São Bento desde 1986

Um dado curioso: o Santos tem 20 vitórias de vantagem sobre o seu adversário do interior, mas não consegue derrotá-lo desde 5 de março de 1986, ou seja, há 30 anos. Naquele dia, fez 2 a 0 na Vila, diante de 3.692 torcedores. Daí em diante, foram nove jogos. O São Bento ganhou por 2 a 1 em 14 de agosto de 1986, e por 2 a 0 em 17 de fevereiro de 2007, e os outros sete terminaram empatados.

A história dos demais confrontos das quartas do Paulistão de 2016 é curta. O Palmeiras jogou quatro vezes contra o São Bernardo e venceu todas: 2 a 0 (12/3/11 – Danilo e Patrick), 3 a 0 (31/1/13 – Barcos 2 e Valdivia), 2 a 0 (27/2/14 – Alan Kardec e Valdivia) e 1 a 0 (22/3/15 – Victor Hugo). O São Paulo enfrentou o Audax Osasco em duas ocasiões: 4 a 0 (5/3/14 – Luis Fabiano 2, Osvaldo e Souza) e 4 a 0 (21/2/15 – Alexandre Pato 2 e Michel Bastos 2). E o duelo Corinthians x Red Bull se resume a uma partida, 0 a 0, em 14 de março de 2015.