A  Copa América Centenário será disputada por 16 seleções, de 3 a 26 de junho, em 10 cidades dos Estados Unidos. O Brasil está no Grupo B, sediado em Pasadena, Orlando e Seattle, e tem como adversários o Equador, o Haiti e o Peru. Briga por seu nono título. Aqui você encontrará alguns dados sobre a participação do Brasil na longa história do torneio. Confira.

 

AS SELEÇÕES DE 2016

Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Haiti, Jamaica, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

PARTICIPAÇÕES

O Brasil esteve presente em 34 das 44 edições. Esteve ausente em 1924, 1926, 1927, 1929, 1935, 1939, 1941, 1947, 1955 e 1967. O Uruguai disputou 42 torneios e a Argentina 40.

NÚMEROS

O Brasil disputou 174 jogos na Copa América, com 98 vitórias, 33 empates, 43 derrotas, 394 gols a favor e 197 contra. Os detalhes dos retrospectos contra os adversários estão mais abaixo.

SEDE

O Brasil foi sede da Copa América em 1919, 1922, 1949 e 1989. Voltará a recebê-la em 2019. A Argentina teve o privilégio em nove ocasiões, o Chile e o Uruguai em sete, e o Peru em seis.

TÍTULOS

O Brasil ganhou em 1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004 e 2007. O Uruguai ganhou pela primeira vez em 1916 e pela última em 2011. O Uruguai conquistou 15 títulos e a Argentina 14. Outros campeões: Peru (1939 e 1975), Paraguai (1953 e 1979), Bolívia (1963), Colômbia (2001) e Chile (2015).

DECISÕES

O Brasil decidiu 14 vezes a Copa América. Ganhou oito e perdeu seis. Marcou 30 gols e sofreu 15. Confira.

# 1919 – Brasil 1 x 0 Uruguai (Rio de Janeiro / Brasil)

# 1922 – Brasil 3 x 0 Paraguai (Rio de Janeiro / Brasil)

# 1925 – Brasil 2 x 2 Argentina (Buenos Aires / Argentina)

A Argentina jogou pelo empate

# 1937 – Brasil 0 x 2 Argentina (Buenos Aires / Argentina)

# 1949 – Brasil 7 x 0 Paraguai (Rio de Janeiro / Brasil)

# 1953 – Brasil 2 x 3 Paraguai (Lima / Peru)

# 1959 – Brasil 1 x 1 Argentina (Buenos Aires / Argentina)

A Argentina jogou pelo empate

# 1983 – Brasil 0 x 2 Uruguai (Montevidéu / Uruguai) e 1 x 1 (Salvador-BA / Brasil)

O Uruguai jogou pelo empate na segunda partida

# 1989 – Brasil 1 x 0 Uruguai (Rio de Janeiro / Brasil)

# 1995 – Brasil 1 x 1 Uruguai – Brasil 3 x 5 Uruguai nos pênaltis (Montevidéu / Uruguai)

# 1997 – Brasil 3 x 1 Bolívia (La Paz / Bolívia)

# 1999 – Brasil 3 x 0 Uruguai (Montevidéu / Uruguai)

# 2004 – Brasil 2 x 2 Argentina – Brasil 4 x 2 Argentina nos pênaltis (Lima / Peru)

# 2007 – Brasil 3 x 0 Argentina (Maracaibo / Venezuela)

PELÉ

Pelé, o maior jogador de todos os tempos, só disputou uma Copa América, em 1959, em Buenos Aires. O Brasil perdeu o título no empate por 1 a 1 com a Argentina. Mas pelo menos oito craques canarinhos que disputaram essa partida foram campeões mundiais, no ano anterior, na Suécia: Gilmar, Djalma Santos, Bellini, Orlando Peçanha, Dino Sani, Didi, Garrincha e Pelé. Naquela Copa, a da Suécia, a Argentina acabou eliminada com uma derrota de 6 a 1 para a Tchecoslováquia. Seria necessário apagar tal imagem. Tanto que apenas dois jogadores que enfrentaram o Brasil na Copa América de 1959 haviam participado do vexame em Helsinborg: Juan Francisco Lombardo e Eliseo Mouriño.

 

BRASIL x ARGENTINA

Jogos – 32

Vitórias do Brasil – 9

Vitórias da Argentina – 15

Empates – 8

Gols do Brasil – 36

Gols da Argentina – 52

Melhor resultado do Brasil – 3 a 1 (18/5/19 – Rio de Janeiro – Brasil)

Melhor resultado da Argentina – 4 a 1 (13/12/25 – Buenos Aires – Argentina)

4 a 1 (22/12/59 – Guaiaquil – Equador)

Período de maior invencibilidade no confronto – Argentina – 8 jogos, 7 vitórias e 1 empate (18/11/23 a 10/2/46)

 

BRASIL x BOLÍVIA

Jogos – 10

Vitórias do Brasil – 8

Vitórias da Bolívia – 2

Empates – 0

Gols do Brasil – 39

Gols da Bolívia – 13

Melhor resultado do Brasil – 10 a 1 (10/4/49 – São Paulo – Brasil)

Melhor resultado da Bolívia – 5 a 4 (31/3/63 – Cochabamba – Bolívia)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 5 jogos e 5 vitórias (28/1/45 a 21/3/59)

 

BRASIL x CHILE

Jogos – 21

Vitórias do Brasil – 16

Vitórias do Chile – 3

Empates – 2

Gols do Brasil – 60

Gols do Chile – 25

Melhor resultado do Brasil – 6 a 0 (11/5/19 – Rio de Janeiro – Brasil)

Melhor resultado do Chile – 4 a 0 (3/7/87 – Córdoba – Argentina)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 11 jogos, 9 vitórias e 2 empates (8/7/16 a 23/3/56)

 

BRASIL x COLÔMBIA

Jogos – 10

Vitórias do Brasil – 8

Vitórias da Colômbia – 2

Empates – 0

Gols do Brasil – 29

Gols da Colômbia – 4

Melhor resultado do Brasil – 9 a 0 (23/3/57 – Lima – Peru)

Melhor resultado da Colômbia – 2 a 0 (19/7/91 – Viña Del Mar – Chile)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 5 jogos e 5 vitórias (21/1/45 a 7/7/789)

 

BRASIL x COSTA RICA

Jogos – 2

Vitórias do Brasil – 2

Vitórias da Costa Rica – 0

Empates – 0

Gols do Brasil – 9

Gols da Costa Rica – 1

Melhor resultado do Brasil – 5 a 0 (13/6/97 – Santa Cruz de La Sierra – Bolívia)

Melhor resultado da Costa Rica – Nenhum

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 2 jogos e 2 vitórias (13/6/97 a 11/7/04)

 

BRASIL x EQUADOR

Jogos – 13

Vitórias do Brasil – 12

Vitórias do Equador – 0

Empates – 1

Gols do Brasil – 52

Gols do Equador – 11

Melhor resultado do Brasil – 9 a 1 (3/4/49 – Rio de Janeiro – Brasil)

Melhor resultado do Equador – 2 a 2 (27/3/63 – Cochabamba – Bolívia)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 13 jogos, 12 vitórias e 1 empate (31/1/42 a 10/9/97)

 

BRASIL x ESTADOS UNIDOS

Jogos – 1

Vitórias do Brasil – 1

Vitórias dos Estados Unidos – 0

Empates – 0

Gols do Brasil – 1

Gols dos Estados Unidos – 0

Melhor resultado do Brasil – 1 a 0 (20/7/95 – Maldonado – Uruguai)

Melhor resultado dos Estados Unidos – nenhum

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 1 jogo e 1 vitória (20/7/95)

 

BRASIL x HONDURAS

Jogos – 1

Vitórias do Brasil – 0

Vitórias de Honduras – 1

Empates – 0

Gols do Brasil – 0

Gols de Honduras – 2

Melhor resultado do Brasil – Nenhum

Melhor resultado de Honduras – 2 a 0 (23/7/01 – Manizares – Colômbia)

Período de maior invencibilidade no confronto – Honduras – 1 jogos e 1 vitória (23/7/01)

 

BRASIL x MÉXICO

Jogos – 6

Vitórias do Brasil – 4

Vitórias do México – 2

Empates – 0

Gols do Brasil – 11

Gols do México – 6

Melhor resultado do Brasil – 4 a 0 (18/7/04 – Piúra – Peru)

Melhor resultado do México – 2 a 0 (26/6/07 – Puerto Ordaz – Venezuela)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 3 jogos e 3 vitórias (16/6/97 a 14/7/99)

 

BRASIL x PARAGUAI

Jogos – 31

Vitórias do Brasil – 14

Vitórias do Paraguai – 7

Empates – 10

Gols do Brasil – 62

Gols do Paraguai – 30

Melhor resultado do Brasil – 7 a 0 (11/5/49 – Rio de Janeiro – Brasil)

Melhor resultado do Paraguai – 2 a 0 (17/3/63 – La Paz – Bolívia)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 8 jogos, 5 vitórias e 3 empates (31/10/79 a 18/7/01)

 

BRASIL x PERU

Jogos – 14

Vitórias do Brasil – 9

Vitórias do Peru – 2

Empates – 3

Gols do Brasil – 31

Gols do Peru – 11

Melhor resultado do Brasil – 7 a 0 (26/6/97 – Santa Cruz de La Sierra – Bolívia)

Melhor resultado do Peru – 3 a 1 (30/9/75 – Belo Horizonte – Brasil)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 6 jogos, 4 vitórias e 2 empates (4/10/75 a 15/7/01)

 

BRASIL x URUGUAI

Jogos – 26

Vitórias do Brasil – 9

Vitórias do Uruguai – 9

Empates – 8

Gols do Brasil – 37

Gols do Uruguai – 40

Melhor resultado do Brasil – 5 a 1 (30/4/49 – Rio de Janeiro – Brasil)

Melhor resultado do Uruguai – 6 a 0 (18/9/20 – Viña Del Mar – Chile)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 5 jogos, 4 vitórias e 1 empate (7/2/45 a 10/2/56)

 

BRASIL x VENEZUELA

Jogos – 7

Vitórias do Brasil – 6

Vitórias da Venezuela – 0

Empates – 1

Gols do Brasil – 27

Gols da Venezuela – 2

Melhor resultado do Brasil – 7 a 0 (30/6/99 – Ciudad Del Este – Paraguai)

Melhor resultado da Venezuela – 0 a 0 (3/7/11 – La Plata – Argentina)

Período de maior invencibilidade no confronto – Brasil – 6 jogos, 5 vitórias e 3 empates (31/10/79 a 18/7/01)