O Fluminense fez dois gols, ambos de Fred, em meia hora, após longo jejum, e acreditou que havia derrotado a Ferroviária pela Copa do Brasil. E se convenceu ainda mais quando o goleiro Rodolfo, do time paulista, foi expulso, aos 31, e Thallyson desperdiçou um pênalti, aos 40. A confiança era tanta que o adversário chegou ao empate, com Luan e Thiago Marques, aos 44 e 48.

A partida voltou a ficar interessante. No começo do segundo tempo, Thiago Marques, de novo, agora em bela jogada pessoal, virou o placar. Ficou difícil para o Tricolor evitar o compromisso da volta. O time carioca, no entanto, conseguiu igualar, pois a Ferroviária cometeu o erro de recuar excessivamente, para segurar o resultado, é claro. Uma conclusão de Magno Alves, aos 29, tirou enfim a vantagem da equipe grená, que fará novo duelo com o Fluminense no dia 12. Mas foi uma boa partida.