Bastou ao Vasco jogar apenas na etapa final para manter a liderança do Brasileiro da Série B ao derrotar o Náutico por 3 a 2 em São Januário. O vermelho e branco pernambucano não conseguiu se aproveitar da partida ruim que os cruz-maltinos fizeram antes do intervalo e faltou, mais tarde, qualidade para obter um resultado melhor.

O Vasco mostrou uma preguiça formidável no primeiro tempo. Mesmo assim, conseguiu abrir o placar aos 13 minutos, num lance curioso: Madson cobrou o lateral na área e Andrezinho, sem marcação, com a zaga desatenta, emendou para dentro. Mas o Náutico, pelo contrário, procurava superar as limitações com muita correria, notadamente nos contra-ataques. Aos 33, Taiberson bateu escanteio, e Rafael Pereira subiu no primeiro pau e testou sem apelação: 1 a 1. A sonolência dos cruz-maltinos voltou a ficar evidente aos 41, quando Taiberson invadiu a área livre e chutou forte, para boa defesa de Jordi.

Logo que a bola rolou na etapa derradeira foi possível perceber que o Vasco havia voltado com maior disposição. Com dois minutos, Nenê cobrou falta e Rodrigo chegou antes de Júlio César, e cabeceou firme, para pôr o time da casa novamente em vantagem: 2 a 1

O Náutico tentou esboçar uma reação, mas já não mostrava o ritmo do tempo inicial. As substituições promovidas pelo técnico Alexandre Gallo também não surtiram efeito. Assim, o Vasco passou a ter o controle da partida. Aos 21, Júlio César, o lateral, entrou na área livre e bateu forte, mas o seu xará fez uma defesa espetacular.

Aos 33, a equipe carioca chegou enfim ao terceiro gol, numa jogada de cinco toques: Jordi mandou para frente, Madson cabeceou para William Oliveira, que lançou Éder Luiz. O atacante deu o popular drible da vaca no goleiro e empurrou para dentro. Aos 47, Renan Oliveira bateu falta, a bola desviou em Henrique e entrou à esquerda: 3 a 2. Ficou de bom tamanho.

Em Joinville, o Atlético-GO empatou por 0 a 0 com o Joinville-SC. Sábado à tarde o Vasco enfrenta o Paysandu em São Januário. E o Náutico recebe o Bragantino em Recife.

 

VASCO 3 x 2 NÁUTICO / PE

Data: Terça-feira, 14 de junho de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 9ª rodada.

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 3.096 pagantes / 3.483  presentes / 387 gratuidades.

Arbitragem: Jean-Pierre Gonçalves Lima / RS, Leirson Peng Martins e Neuza Inês Back / SC.

Gols: Andrezinho 13’, Rafael Pereira 33’, Rodrigo 47’, Éder Luiz 78’ e Renan Oliveira 93’..

VASCO: Jordi, Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César (Henrique 80’); Marcelo Mattos, William Oliveira, Andrezinho (Éder Luiz 74’) e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão (Thalles 41’). Técnico: Jorge Amorim de Oliveira Campos – Jorginho.

NÁUTICO: Júlio César, Joazi, Eduardo, Rafael Pereira e Mateus Müller; Maylson, Gaston Filgueiras (Eurico – intervalo), Bergson (Odilávio 72’) e Roni; Taiberson (Renan Oliveira 65’) e Jéfferson Ném. Técnico: Alexandre Gallo.

 

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br