O Palmeiras, atual líder do Brasileiro, tem o dobro de vitórias sobre o Figueirense, 10 a 5, na história do clássico no campeonato, levando-se em conta também os campeonatos que a CBF passou a considerar como nacionais desde dezembro de 2010: a Taça Brasil (1959-1968) e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967-1970).

Foram 21 partidas. A primeira foi disputada no Paque Antártica, em São Paulo, em 18 de outubro de 1975. Terminou 2 a 2, com arbitragem do gaúcho José Luiz Barreto, e público de 4.670 pagantes. Fedato fez 1 a 0 para o Palmeiras aos 28 minutos. Toninho, que no ano seguinte jogaria no clube paulista, empatou aos 50. Edu Bala pôs o Alviverde em vantagem aos 81, e o mesmo Toninho fez 2 a 2 aos 84. O técnico do Palmeiras era Dino Sani, e o do Figueirense, Lauro Burigo.

A última partida aconteceu no Allianz Parque, em São Paulo, em 12 de setembro de 2015. Deu Porco: 2 a 0. O juiz foi o carioca Wagner do Nascimento Magalhães, e o público de 22.794 pessoas, recorde na história do confronto no Brasileiro da Série A. Jackson enfiou 1 a 0 com um minuto do segundo tempo. E Zé Roberto, de pênalti, fechou o placar aos 43.

Vale lembrar que o duelo não foi realizado nos anos de 1967 a 1970 porque o Figueirense não participou do Brasileiro. De 1971 a 1974, e em 1978, 1981 a 1984, 1986 a 187, em 1990, 1992 e 1993 por causa de regulamentos que impediram o cruzamento. Em 1980, 1985, 1989, 1991, 2000, 2001, 2009 e 2010 porque o clube catarinense estava na Série B. Em 1988 e de 1994 a 1999 porque estava na Série C. Em 2003 porque o Palmeiras estava na Série B. E em 2013 porque ambos disputaram a B. Veja mais abaixo os dois jogos que ambos fizeram em 2013.

 

Todos os números do clássico no Campeonato Brasileiro (1967 – 2015)

– Jogos: 21

– Vitórias do Palmeiras: 10

– Vitórias do Figueirense: 5

– Empates: 6

– Gols do Palmeiras: 33

– Média: 1,57 por jogo

– Gols do Figueirense: 25

– Média: 1,19 por jogo

– Total de gols no clássico: 58

– Média: 2,76 por jogo

– Público total do clássico: 232.710

– Média: 11.081 por jogo

– Maior público: 22.794 (12/9/15)

– Melhor resultado do Palmeiras: 4 a 0 (11/9/76)

– Melhor resultado do Figueirense: 6 a 1 (22/4/06)

– Maior invencibilidade do Palmeirase: 6 jogos (2006 a 2011)

– Maior invencibilidade do Figueirense: 3 jogos (2005 a 2006)

– Maior artilheiro do clássico: Schwenck e Valdivia (3 gols)

– Maior artilheiro do Palmeiras: Valdivia (3 gols)

– Maior artilheiro do Figueirense: Schwenck (3 gols)

– Estádios utilizados: Orlando Scarpelli (10), Parque Antártica (7), Allianz Parque, Arena Barueri-SP, Canindé-SP e Fonte Luminosa-SP (1)

– Os jogos de 2013: Palmeiras 3 a 2 (20 de julho de 2013 – Orlando Scarpelli – André Luiz, Valdivia e Vinícius / Rafael Costa e Ricardo Bueno) e Palmeiras 4 a 0 (8 de outubro de 2013 – Estádio do Café / Londrina-PR – Alan Kardec, Mendieta e Serginho – 15.705)

 

Confira aqui todos os 21 jogos do Brasileiro de 1967 a 2015.

1) 2 a 2 (18 de outubro de 1975 – Parque Antártica – Edu Bala e Fedato / Toninho 2 – 4.670)

2) Palmeiras 4 a 0 (11 de setembro de 1976 – Parque Antártica – Ademir da Guia, Gílson-contra, Itamar e Toninho – 14.428)

3) Figueirense 1 a 0 (21 de setembro de 2002 – Orlando Scarpelli – Selmir – 19.546)

4) 0 a 0 (24 de julho de 2004 – Parque Antártica – 10.631)

5) Palmeiras 1 a 0 (14 de novembro de 2004 – Orlando Scarpelli – Thiago Gentil – 5.028)

6) Palmeiras 4 a 1(20 de julho de 2005 – Orlando Scarpelli – Marcinho, Ném, Pedrinho e Reinaldo / Marquinhos Paraná / 9.023)

7) 2 a 2 (26 de outubro de 2005 – Parque Antártica – Baiano e Gioíno / Edmundo 2 / 4.658)

8) Figueirense 6 a 1 (22 de abril de 2006 – Orlando Scarpelli – Washington / Carlos Alberto, Fininho, Schwenck 2 e Soares 2 – 11.891)

9) 1 a 1 (30 de agosto de 2006 – Parque Antártica – Enílton / Schwenck – 11.319)

10) Palmeiras 2 a 1 (20 de maio de 2007 – Parque Antártica – Valdivia 2 / Peter – 19.047)

11) Palmeiras 2 a 1 (26 de agosto de 2007 – Orlando Scarpelli – Max e Valdivia / Jean Carlos – 8.782)

12) 1 a 1 (10 de julho de 2008 – Parque Antártica – Alex Mineiro / Cleiton Xavier – 19.012)

13) 0 a 0 (8 de outubro de 2008 – Orlando Scarpelli – 14.553)

14) Palmeiras 1 a 0 (27 de julho de 2011 – Orlando Scarpelli – Maurício Ramos – 13.283)

15) Figueirense 2 a 1 (22 de outubro de 2011 – Canindé-SP – Ricardo Bueno / Júlio César e Wellington Ném)

16) Palmeiras 3 a 1 (1º de julho de 2012 – Arena Barueri / BarueriSP – Barcos, Romeu e Maikon Leite / Júlio César – 2.580)

17) Palmeiras 3 a 1 (22 de setembro de 2012 – Orlando Scarpelli – Henrique, Marcos Assunção e Tiago Heleno / Aloísio – 10.724)

18) Palmeiras 1 a 0 (22 de maio de 2014 – Fonte Luminosa / Araraquara-SP – Henrique – 10.870)

19) Figueirense 3 a 1 (28 de setembro de 2014 – Orlando Scarpelli – Cristaldo / Clayton 2 e Marcão – 6.787)

20) Figueirense 2 a 1 (7 de junho de 2015 – Orlando Scarpelli – Carlos Alberto e Thiago Santana / Gabriel – 9.187)

21) Palmeiras 2 a 0 (12 de setembro de 2015 – Allianz Parque – Jackson e Zé Roberto – 22.794)