Foi uma partida sobretudo equilibrada, os times criando chances em sequência, mantendo a atenção do torcedor do início ao fim. A vitória do Santos, 4 a 2 em Cariacica / ES, ocorreu porque o alvinegro paulista soube aproveitar melhor as chances que surgiram. Falta algo ao Tricolor no Brasileiro. Muito irregular. Ganha e perde. O Peixe, com a volta da turma que esteve na seleção, começa a se acertar.

O time carioca abriu o placar aos 13 minutos: Magno Alves cabeceou para Marcos Júnior, que bateu para defesa de Vanderlei, apanhando em seguida o rebote, de carrinho, para colocar dentro. O Fluminense poderia ter ampliado aos 27, num lance incrível, com finalizações de Marcos Júnior, Magno Alves e Gum, para três intervenções consecutivas do goleiro. Uma chance desperdiçada pelo Tricolor, outra aproveitada aos 38, por Rodrigão, após passe de Léo Cittadini: 1 a 1. Nos acréscimos, Vítor Bueno lançou Gabriel, que acertou o canto direito de Diego Cavalieri, para virar: 2 a 1.

Apesar da vantagem santista, o jogo prosseguiu igual na etapa derradeira, tanto que Marcos Júnior, aos 20, diminuiu, após bela assistência de Magno Alves. E quase empata, logo depois, numa cabeçada do Magnata, à direita, para defesa segura de Vanderlei.

Quando tudo levava a crer que o Fluminense reagiria definitivamente, a equipe paulista fez o quarto gol, aos 27, quando o zagueiro Luiz Felipe aproveitou desvio de cabeça de Rodrigão. Aos 44, Gabriel pegou rebote do goleiro, mas Gum tirou sobre a linha. Nos acréscimos, Magno Alves concluiu para mais uma intervenção de Vanderlei. E nada mais ocorreu. O Santos, mais eficiente, ficou com os três pontos.

 

FLUMINENSE 2 x 4 SANTOS / SP

Data: Quarta-feira, 22 de junho de 2016.

Local: Estádio Municipal Kléber José de Andrade, em Cariacica / ES.

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques / PR, Fabiano da Silva Ramires / ES e Vanderson Antônio Zanotti / ES.

Gols: Marcos Júnior 13’ e 65’, Rodrigão 38’, Gabriel 45+2’e 50’ e Luiz Felipe 72’.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Jonathan (Giovanni 67’), Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre (Maranhão 54’), Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior (Osvaldo 82’) e Mafgno Alves. Técnico: Levir Culpi.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Léo Cittadini (Lucas Lima 68’) e Vítor Bueno (Turi 79’); Gabriel e Rodrigão (Joel 74’). Técnico: Dorival Silvestre Júnior.

 

Foto: Nelson Perez / Fluminense FC