O Vasco brigou até o fim e conseguiu o empate de 1 a 1 diante do Santa Cruz, numa partida complicada, pelo esforço do time pernambucano, e pela necessidade dos cruz-maltinos em obter um resultado positivo em São Januário, neste primeiro jogo entre ambos pela terceira fase da Copa do Brasil. A volta será na quarta, dia 20, em Recife. O Vasco precisa de vitória ou qualquer igualdade de 2 a 2 em diante.

O Santa Cruz fez 1 a 0 com um minuto, com Bruno Morais batendo rasteiro à esquerda, após lançamento longo de Leandrinho, e a falha de Martín Silva. Era tudo que o time pernambucano desejava para se manter recuado, arriscando outros contra-ataques. O Vasco, assim, teve maior posse de bola, mas não soube aproveitar a situação. Um belo giro de Nenê, aos 17 – tocou por cima de Thiago Cardoso e Wellington César tirou de puxeta na linha – e oportunidades desperdiçadas por Leandrão e Madson, concluindo sempre em cima do goleiro, foi o que Vasco obteve de melhor até o intervalo. A torcida, insatisfeita, vaiou o time deixando o campo.

A equipe carioca voltou para a etapa derradeira com Yako Pikachu e Caio Monteiro substituindo respectivamente Madson e Henrique. Mas o Santa conseguia controlar o jogo, tanto que aos seis minutos Bruno Morais e Marcílio chutaram em sequência, para intervenções do goleiro cruz-maltino, a primeira com os pés.

Ficou assim: o Vasco se desdobrando para superar os problemas criados pelo time pernambucano, e este tentando aguardar erros da retaguarda – e sobretudo a ansiedade do adversário – para ampliar. O Santa teve pelo menos mais duas chances. Aos 19, Martín Silva segurou cabeçada de João Paulo.

E embora não jogasse bem, o Vasco mantinha a esperança. Aos 44, Nenê cobrou escanteio, Thalles cabeceou, Thiago Cardoso defendeu, Luan apanhou a sobra, bateu forte, e o próprio goleiro pôs para dentro: 1 a 1. Nos acréscimos, Jorge Henrique ainda acertou o travessão. Mas, pelo que se viu, ficou de bom tamanho para ambos.

 

VASCO 1 x 1 SANTA CRUZ / PE

Data: Quarta-feira, 13 de julho de 2016.

Competição: Copa do Brasil / Terceira fase / Ida.

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 6.398 pagantes / 6.861 presentes / 463 gratuidades.

Arbitragem: Joélson Nazareno  Ferreira Cardoso / PA, Hélcio Araújo Neves / PA e Luiz Antônio Barbosa / MG.

Gols: Bruno Morais 1’ e Luan 89’.

VASCO: Jordí, Madson (Yago Pikachu – intervalo), Rodrigo, Luan e Júlio César; Marcelo Mattos, Henrique (Caio Monteiro – intervalo), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão (Thalles 63’). Técnico: Jorge Amorim de Oliveira Campos – Jorginho.

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Vítor, Néris, Wellington e Tiago Costa; Derley, Wellington César (Uilliam Correia 76’), Leandrinho (Keno 56’) e Marcílio; Lelê (João Paulo 56’) e Bruno Morais. Técnico: Mílton Mendes.

 

Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br