Brasil e Equador fizeram apenas oito partidas por Eliminatórias para Copa do Mundo. O Brasil venceu a metade. O primeiro jogo aconteceu em 1993, no Estádio Modelo, em Guaiaquil, e acabou em 0 a 0. O último, no Atahualpa, em Quito, em 2009, terminou 1 a 1.

Mas levando-se em conta todos os duelos da história, as duas seleções já se encontraram 30 vezes, com 24 vitórias do Brasil, duas do Equador e quatro empates. No primeiro jogo, em 31 de janeiro de 1942, em Montevidéu, pelo Campeonato Sul-Americano, o time verde e amarelo fez 5 a 1. No derradeiro, na Copa América Centenário, em 4 de junho de 2016, o resultado foi 0 a 0.

 

Os jogos das Eliminatórias

1) 0 a 0 – 18 de julho de 1993 – Guaiaquil / Equador

2) Brasil 2 a 0 – 22 de agosto de 1993 – São Paulo / SP – Bebeto e Dunga

3) Brasil 3 a 2 – 26 de abril de 2000 – São Paulo / SP – Antônio Carlos e Rivaldo 2 / Ariel Graziani e Ulises de La Cruz

4) Equador 1 a 0 – 28 de março de 2001 – Quito / Equador – Agustín Delgado

5) Brasil 1 a 0 – 10 de setembro de 2003 – Manaus / AM – Ronaldinho Gaúcho

6) Equador 1 a 0 – 17 de novembro de 2004 – Quito / Equador – Edison Mendez

7) Brasil 5 a 0 – 17 de outubro de 2007 – Maracanã / RJ – Elano, Kaká 2, Ronaldinho Gaúcho e Vágner Love

8) 1 a 1 – 29 de março de 2009 – Quito / Equador – Júlio Batista / Christian Noboa

 

– Jogos: 8

– Vitórias do Brasil: 4

– Vitórias do Equador: 2

– Empates: 2

– Gols do Brasil: 12

– Média por partida: 1,5

– Gols do Equador: 5

– Média por partida: 0,62

 

Artilheiros do Brasil

Kaká, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho (2)

Antônio Carlos, Bebeto, Dunga, Elano, Júlio Batista e Vágner Love

 

Artilheiros do Equador

Agustín Delgado, Ariel Graziani, Christian Noboa, Edison Mendez, Ulises de La Cruz