A Ponte Preta soube aproveitar a péssima tarde do Corinthians para vencê-lo por 2 a 0, no Moisés Lucarelli, com um gol em cada tempo, sem muita dificuldade. Foi talvez a pior atuação do atual campeão brasileiro em 2016, aceitando passivamente a derrota, sem esboçar reação. Aranha fez sua única defesa nos acréscimos da etapa final.

A equipe de Campinas manteve a sétima a colocação, agora com 34 pontos, e começa a se aproximar da turma de cima. O Timão conservou o terceiro lugar, com 37. Mas Santos, 36, e Grêmio, 35, que jogam em casa neste domingo – Figueirense na Vila Belmiro e Atlético-MG em Porto Alegre – poderão arrancá-lo do G-4.

A Macaca mandou no primeiro tempo do começo ao fim. O adversário não viu a cor da bola. Um pouco mais de ousadia e o time da casa teria liquidado o jogo antes do intervalo. A equipe dirigida por Cristóvão Borges pôs seis homens no meio. Nenhum atacante.

A Ponte desperdiçou uma ótima chance aos nove minutos, quando Roger entrou livre e chutou da marca do pênalti em cima de Cássio. A cena poderia se repetir aos 17, se Balbuena não puxasse o centroavante por trás, na meia-lua, merecendo a expulsão. Cristóvão Borges trocou Guilherme por Pedro Henrique para recompor a zaga. Aos 35, enfim, saiu o gol: Reinaldo cruzou, Cristian desviou de cabeça, e Roger apanhou a sobra na pequena área, tocando de primeira para dentro.

O Corinthians voltou para a etapa derradeira com Romero no lugar de Marquinhos Gabriel, visando é claro, ter alguma força ofensiva. A Ponte, no entanto, não perdeu o pique, e ampliou logo aos cinco minutos. Rhayner rolou para Clayson, que girou na área e acertou o ângulo direito de Cássio. Cristóvão ainda substituiu Rodriguinho por Lucca, mas a equipe local continuou dona da partida, rolando a bola, aguardando com tranqüilidade o apito final.

Pelo Brasileiro, a Ponte volta a jogar na quarta-feira, 7 de setembro, contra o Flamengo, no Espírito Santo, e o Corinthians contra o Sport-PE, quinta, dia 8, em São Paulo.

 

PONTE PRETA 2 x 0 CORINTHIANS

Data: Sábado, 27 de agosto de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 22ª rodada.

Local: Estádio Moisés Lucarelli / Majestoso, em Campinas / SP.

Público: 8.529 espectadores.

Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira, Emerson Augusto de Carvalho e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa / SP.

Expulsão: Balbuena 18’.

Gols: Roger 35’ e Clayson 50’.

PONTE PRETA: Aranha, Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; Abuda (Matheus Jesus 83’), Wendell, Rhayner (Léo Cereja 83’) e Thiago Galhardo; Clayson e Roger (William Pottker 69’). Técnico: Eduardo Baptista.

CORINTHIANS: Cássio, Fágner, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian, Rodriguinho (Lucca 68’), Elias e Marlone; Marquinhos Gabriel (Romero – intervalo) e Guilherme (Pedro Henrique 21’). Técnico: Cristóvão Borges.