O Palmeiras manteve a liderança isolada do Brasileiro ao derrotar o Fluminense por 2 a 0, em Brasília, num jogo que praticamente liquidou na primeira etapa, na qual já foi absolutamente superior.

O time paulista já começou com o objetivo de decidir, mantendo o adversário atrás, sem conseguir jogar, daí as oportunidades que não demoraram a surgir. Aos 18, Jean cobrou falta, Diego Cavalieri saiu caçando borboleta, e não alcançou a bola, que acabou sendo escorada por Dudu, que entrava por trás do goleiro: 1 a 0. Aos 24, Dudu cruzou, Moisés chutou em cima de Mina, e Jean apanhou a sobra, batendo de fora da área no ângulo esquerdo, num belo gol: 2 a 0. O Fluminense não esboçou reação.

No intervalo, Levir Culpi trocou Douglas e Henrique Dourado respectivamente por Marquinho e Aquino, numa tentativa de dar algum poder ofensivo ao Tricolor. Mas o Palmeiras continuou mandando na partida, o suficiente para prosseguir como o grande favorito ao título brasileiro, que não conquista desde 1994. O destaque negativo ficou por conta dos 12 cartões amarelos apresentados pelo árbitro.

 

FLUMINENSE 0 x 2 PALMEIRAS / SP

Data: Domingo, 28 de agosto de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 22ª rodada.

Local: Estádio Nacional / Mané Garrincha, em Brasília / DF.

Público: 12.037 espectadores.

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer / MG.

Gols: Dudu 18’ e Jean 24’.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas (Marquinho – intervalo), Cícero, Gustavo Scarpa (Danilinho 71’) e Marcos Júnior; Wellington e Henrique Dourado (Aquino – intervalo). Técnico: Levir Culpi.

PALMEIRAS: Jaílson, Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel (Arouca 74’), Tchê Tchê, Moisés (Cleiton Xavier 69’) e Dudu; Erik (Roger Guedes 63’) e Gabriel Jesus. Técnico: Alex Stival – Cuca.

FOTO NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.