O Atlético de Madrid venceu o Bayern Munique por 1 a 0, gol de Carrasco, pela Liga dos Campeões da Europa, frustrando a tão prometida vingança do time alemão, numa referência à derrota nas semifinais do torneio da temporada passada. A equipe espanhola não fez uma partida fantástica, mas mostrou, ao ganhar de outro favorito ao título, que é novamente candidato – foi vice do Real Madrid em 2015/16.

O primeiro tempo foi equilibrado, com muita briga no meio, e chances iguais. O time da casa, no entanto, soube aproveitar uma delas, para sair vencedor. Logos aos 12 minutos, Müller recebeu de Thiago Alcântara e chutou para defesa precisa de Oblak. Aos 21, Torres escorou escanteio e acertou a trave direita esquerda de Neuer. Aos 33, El Niño, novamente, invadiu a área livre e escorregou no momento da finalização. Aos 34, Carrasco, em jogada parecida, bateu rasteiro de canhota, superando o goleiro: 1 a 0. Aos 38, Lewandowski fez o trabalho de pivô para Ribéry, que concluiu rente à trave direita. Até ali, uma partida efetivamente movimentada, sem muitas interrupções, e apesar das poucas oportunidades, a freqüente expectativa de que o placar mexesse.

O Atlético retornou para a etapa derradeira mais recuado, para atrair o Bayern, e liquidá-lo em contra-ataques. O jogo ficou amarrado. Nada além de uma pancada de Alaba, para intervenção de Oblak, até os 15 minutos, quando Carlo Ancelotti trocou Müller, sem inspiração, por Robben, sugerindo que a equipe alemã ganharia maior poder ofensivo. Mas um chute do holandês, e uma cabeçada de Lewandowski, também para fora, foi o que se viu. Thiago Alcântara, que batia à vontade, e já recebera o amarelo, saiu para a entrada de Kimmich.

Aos 37, Filipe Luiz driblou na área e foi derrubado pelo chileno Arturo Vidal, no pênalti claro que Griezmann cobrou no ângulo esquerdo, no travessão. O Bayern seguia vivo. Mas o tempo era escasso. E o placar permaneceu.

 

ATLÉTICO MADRID / ESP 1 x 0 BAYERN MÜNCHEN / ALE

Data: Quarta-feira, 28 de setembro de 2016.

Competição: Liga dos Campeões da Europa / Grupo D / 2ª rodada.

Local: Estádio Vicente Calderón, em Madrid / Espanha.

Arbitragem: Szymon Marciniak, Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz / Polônia.

Gol: Yannick Carrasco 35’.

ATLÉTICO MADRID: Jan Oblak, Juanfran Torres, Stefan Savic, Diego Godín e Filipe Luiz; Saúl Níguez, Gabí Fernandez, Jorge Koke e Yannick Carrasco (Kevin Gameiro 71’); Antoine Griezmann (Thomas Partey 90’) e Fernando Torres (Nicolas Gaitan 78’). Técnico: Diego Pablo Simeone (Argentina).

BAYERN MÜNCHEN: Manuel Neuer, Philipp Lahm, Javier Martínez, Jerome Boateng (Mats Hummels 63’) e David Alaba; Thiago Alcântara (Joshua Kimmich 66’), Xabi Alonso, Arturo Vidal e Thomas Müller (Arjen Robben 59’); Robert Lewandowski e Franck Ribéry. Técnico: Carlo Ancelotti (Itália).

 

Foto: @Atleti