Foi complicado, mas o Brasil voltou a vencer nas Eliminatórias para o Mundial 2018, 2 a 1 sobre a Colômbia, em Manaus, no jogo que parecia tranqüilo no começo, mas no qual o gol da vitória só surgiu com quase meia do tempo derradeiro. A seleção não fez uma partida absolutamente brilhante, mas teve paciência para superar a armadilha que a equipe “cafetera” armou após obter o empate.

O time de Tite abriu o placar logo aos dois minutos. Neymar cobrou escanteio e Miranda se antecipou ao atacante Bacca para cabecear sem chance para Ospina. A Colômbia não sentiu. Mas na ânsia de chegar ao empate deixava espaços na retaguarda, tanto que o Brasil criou pelo menos duas ótimas oportunidades para ampliar, a primeira num belo chute de Renato Augusto, de fora da área, que o goleiro conseguiu mandar para fora, e a segunda numa finalização de Neymar, livre, para nova intervenção de Ospina, no chão. O time visitante jamais desistiu do jogo. E a seleção verde e amarela diminuiu o ritmo após meia hora. Assim, aos 35, James Rodriguez cobrou falta sobre a área e Marquinhos desviou de cabeça, para dentro: 1 a 1.

Não correram mudanças no intervalo. O Brasil voltou trocando passes, mas esbarrava na aplicação tática do adversário, que se mantinha fechado na defesa, procurando segurar o jogo quando tinha a bola, tanto que Tite trocou William e Paulinho por respectivamente Philippe Coutinho e Giuliano, para quebrar o meio-campo contrário. Aos 29, Philippe Coutinho lançou Neymar, que invadiu a área, e bateu de canhota, cruzado, à esquerda, para assinalar o gol da vitória. Pouco depois, o ex-craque do Vasco desperdiçou ótima chance, na dúvida entre rolar para Neymar e concluir, o que fez, com desvio da zaga para escanteio. Daí em diante, foi segurar o resultado, sem oferecer possibilidade de reação aos colombianos.

Outros resultados: Uruguai 4 x 0 Paraguai (Montevidéu), Chile 0 x 0 Bolívia (Santiago) e Venezuela 2 x 2 Argentina (Mérida). Peru e Equador fecharam a rodada na madrugada de terça para quarta.

 

BRASIL 2 x 1 COLÔMBIA

Data: Terça-feira, 6 de setembro de 2016.

Competição: Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 / 8ª rodada.

Local: Arena da Amazônia, em Manaus / Brasil.

Público: 36.609 presentes.

Arbitragem: Patricio Hernán Lostau, Gustavo Fabián Rossi Fagivoli e Ivan Gabriel Nuñez / Argentina.

Gols: Miranda 2’, Marquinhos (contra) 35’ e Neymar 74’.

BRASIL: Alisson (Roma / Itália), Daniel Alves (Juventus / Itália), Miranda (Internazionale / Itália), Marquinhos (Paris Saint-Germain / França) e Marcelo (Real Madrid / Espanha); Casemiro (Real Madrid / Espanha), Paulinho (Guangzhou Evergrande / China) depois Giuliano (Zenit Saint-Petrsburg / Rússia) 70’, Renato Augusto (Beijing Guoan / China) e William (Chelsea-ING) depois Philippe Coutinho (Liverpool / Inglaterra) 65’; Gabriel Jesus (Palmeiras / SP) depois Taison (Shakhtar Donetsk / Ucrânia) 85’ e Neymar (Barcelona / ESP). Técnico: Adenor Leonardo Bacchi / Tite.

COLÔMBIA: David Ospina (Arsenal / Inglaterra), Stefan Medina (Pachuca / México), Jeison Murillo (Internazionale / Itália), Oscar Murillo (Pachuca / México) e Farid Díaz (Boca Juniors / Argentina); Carlos Sanchez (Fiorentina / Itália), Wilmar Barrios (Boca Juniors / Argentina), James Rodriguez (Real Madrid / Espanha) e Macnelly Torres (Nacional Medellín) depois Juan Cuadrado (Juventus / Itália) 52’; Carlos Bacca (Milan / Itália) depois Roger Martinez (Jiangsu Suning / China) 71’  e Luis Muriel (Sampdoria / Itália) depois Marlos Moreno (La Coruña / Espanha) 80’. Técnico: José Nestor Pekerman Krimen (Argentina)

 

Foto: Conmebol