O Corinthians permaneceu no G-4 do Brasileiro, ao vencer o Sport por 3 a 0, em São Paulo, liquidando o adversário nos primeiros 16 minutos da etapa final, quando marcou três vezes, após partida ruim até o intervalo. O Alvinegro, que está a seis pontos, 40 a 46, do líder Palmeiras, continua sendo o único clube que não foi derrotado em casa no atual campeonato. O Rubro-Negro, com 27, segue próximo do Z-4.

O time paulista começou sofrendo a marcação cerrada do pernambucano na saída da defesa para o ataque, e logo, com dificuldades para jogar, embora o visitante, com a posse da bola, não ameaçasse. Por volta dos 20 minutos, o anfitrião passou a encontrar mais espaço, pois o adversário não suportou o ritmo, mas também não incomodava. A única oportunidade de fato no primeiro tempo ocorreu aos 32, quando Diego Souza, livre, de frente para Cássio, cabeceou nas mãos do goleiro.

O Corinthians voltou para a etapa derradeira com o estreante Gustavo no lugar de Cristian, visando ampliar, é claro, o poder ofensivo. Aos dois minutos, Gustavo lançou Marlone, que cruzou da direita com perfeição para Rodriguinho cabecear à esquerda de Magrão, que sequer se mexeu: 1 a 0. O Sport, na dúvida entre evitar o pior, ou tentar o empate, acabou se perdendo. Aos oito, Marlone repetiu a jogada anterior, e Léo Príncipe desviou à direita: 2 a 0. O Corinthians, agora tranqüilo, acertou passo no meio, e chegou ao terceiro gol, na cabeçada de rando escanteio cobrado por Uendel.

A reação do Sport, é evidente, se tornou improvável. E restava ao dono da casa buscar mais gols, para melhorar o saldo, que pode decidir vaga e até o título. Aos 29, em jogada fortuita, Rogério concluiu forte, para defesa de Cássio. Daí em diante, o Alvinegro rolou a bola até o apito derradeiro.

Os dois times disputam clássicos regionais no domingo. O Corinthians enfrenta o Santos na Vila Belmiro, e o Sport recebe o Santa Cruz, na Ilha do Retiro.

 

CORINTHIANS 3 x 0 SPORT / PE

Data: Quinta-feira, 8 de setembro de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 23ª rodada.

Local: Arena Corinthians / Itaquerão, em São Paulo / SP.

Público: 24.360 pagantes / 24.577 presentes / 217 gratuidades.

Arbitragem: João Batista de Arruda, João Luiz Coelho de Albuquerque e Michael Correia / RJ.

Gols: Rodriguinho 47’, Léo Príncipe 53’ e Vílson 61’.

CORINTHIANS: Cássio, Léo Príncipe, Yago, Vílson e Uendel; Cristian (Gustavo – intervalo), Rodriguinho, Camacho (Willians 78’) e Marlone; Giovanni Augusto (Jean 84’) e Lucca. Técnico: Cristóvão Borges.

SPORT: Magrão, Samuel Xavier (Apodi 55’), Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Rithely, Neto Moura, Diego Souza e Gabriel Xavier (Edmílson 81’); Éverton Felipe (Rogério 61’) e Ruiz. Técnico: Luiz Alberto da Silva (Oswaldo de Oliveira Filho suspenso).

 

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians