Em jogo válido pela 18ª rodada do Brasileiro, adiado por causa das Olimpíadas, o Fluminense derrotou o Figueirense por 3 a 2, trocando a nona colocação pela oitava, igualando os 34 pontos da Ponte Preta, que está em sétimo, pois tem uma vitória a mais. O Tricolor tratou de praticamente liquidar o time catarinense ainda no primeiro tempo. Fez 1 a 0 aos 13 minutos, quando Gustavo Scarpa escorou de cabeça, à esquerda de Gatito Fernandez, um cruzamento preciso de Wellington. O adversário não esboçou reação. E a equipe das Laranjeiras ampliou aos 19, em duas cabeçadas – o goleiro rebateu a primeira, de Cícero, mas já estava vendido na segunda, de Renato Chaves, na pequena área.

No intervalo, Levir Culpi substituiu Pierre por Marquinho, para dar maior poder ofensivo ao Fluminense, e o Figueirense, sem muita opção, pois começou a partida na zona de rebaixamento, saiu em busca do empate. Aos três minutos, Carlos Alberto acertou uma pancada de longe e diminuiu: 2 a 1. Aos 15, Ayrton cobrou falta e Nirley desviou de cabeça: 2 a 2. Curiosamente, o jogo ficou aberto, com os dois times continuaram tentando o gol.

Aos 16, Magno Alves substituiu Henrique Dourado. Com meia hora, o Tricolor ousou ainda mais, trocando Douglas por Marcos Júnior. Aos 33, Wellington Silva cruzou, e Magno Alves, de peixinho, marcou o gol da vitória. No fim da partida, Carlos Alberto acusou Levir Culpi de ordenar a Wellington que lhe desse “porrada”, numa situação difícil para o técnico do Fluminense, que terá, no mínimo, que dar alguma explicação.

Ambos voltam a jogar na quarta-feira, dia 7. O Figueirense recebe o Atlético-PR em Florianópolis, e Tricolor faz o clássico carioca com o Botafogo, na Ilha do Governador.

 

FLUMINENSE 3 x 2 FIGUEIRENSE / SC

Data: Sábado, 3 de setembro de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 18ª rodada.

Local: Estádio Giulite Coutinho / Édson Passos, em Mesquita / RJ.

Arbitragem: João Batista Raposo, Daniel Henrique da Silva e José Reinaldo Nascimento / DF.

Gols: Gustavo Scarpa 13’, Renato Chaves 19’, Carlos Alberto 48’, Nirley 60’ e Magno Alves 78’.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Renato Chaves, Henrique e William Matheus; Pierre (Marquinho – intervalo), Douglas (Marcos Júnior 75’), Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington e Henrique Dourado (Magno Alves 61’). Técnico: Levir Culpi.

FIGUEIRENSE: Gatito Fernandez, Ayrton, Nirley, Bruno Alves e Guilherme Morassi; Renato (Jéferson 28’), Jéferson Caucaia, Élvis (Rafael Silva – intervalo) e Carlos Alberto (Ortega 80’); Lins e Rafael Moura. Técnico: Antônio Carlos Guimarães – Tuca Guimarães.

 

FOTO NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.