Cruzeiro e Atlético-MG empataram por 1 a 1, no Mineirão, um resultado ruim para ambos, para o Alvinegro porque ficou a quatro pontos do Flamengo, o segundo colocado, 46 a 50, embora no G-4, e para a Raposa, porque seguiu perto do Z-4.

Houve equilíbrio no primeiro tempo, com muita marcação de ambos os lados, na prática um jogo amarrado, com poucas chances de gol. Aos 10 minutos, Otero acertou o travessão, num chute longo. Os times, na prática, mostravam cautela em excesso, aguardando uma bobeada do adversário, o que ocorreu com meia hora, quando Fábio Santos cruzou sob medida para a cabeçada de Clayton, à direita de Rafael, abrindo o placar.

Outras duas oportunidades surgiram, as duas para o Cruzeiro, aos 38, quando Arrascaeta testou para fora, escorando bola levantada por Edimar, e aos 42, com Ábila, que  pegou sobra da zaga, livre e de frente para Victor, mas finalizou pela linha de fundo.

O time azul retornou para a etapa derradeira com Alisson na vaga de Rafael Sóbis. Havia, no entanto, uma diferença básica entre as equipes. O Galo podia jogar tranqüilo, com a vantagem, e a ótima posição na tabela, ao contrário do rival, precisando de resultado para se afastar da zona de rebaixamento. Assim, o Cruzeiro mostrava afobação, errando no último passe, ou na conclusão, como ocorreu com Ábila, aos 21, mandando a bola na trave direita.

Logo depois, Mano Menezes trocou Ariel Cabral por Élber, para o time ganhar maior força ofensiva. Marcelo Oliveira substituiu Carlos César, machucado, por Gabriel, e a dupla de frente, lançando Cazares e Leandro Pratto, para tornar ganhar velocidade nos contra-ataques. O volume de jogo da Raposa já era maior, com meia hora, quando Robinho recebeu de Élber e enfiou a pancada à direita: 1 a 1.

O time azul, incentivado pela galera, que tomava quase todo o Mineirão, continuou avançando. Denílson entrou para ampliar o fôlego do meio. Aos 44, Lucas, que já havia recebido o cartão amarelo, foi expulso. E mais nada ocorreu de interessante.

s dois times voltam a jogar no domingo, dia 25: o Cruzeiro enfrenta o Flamengo no Espírito Santo, e o Atlético recebe o Internacional, no Independência.

 

CRUZEIRO 1 x 1 ATLÉTICO / MG

Data: Domingo, 18 de setembro de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 26ª rodada.

Local: Estádio Governador Magalhães Pinto / Mineirão, em Belo Horizonte / MG.

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, Alex dos Santos e José Roberto Larroyd / SC.

Expulsão: Lucas 89’.

Gols: Clayton 30’ e Robinho (C) 75’.

CRUZEIRO: Rafael, Lucas, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique (Denílson 84’), Ariel Cabral (Élber 61’), Robinho e Arrascaeta; Rafael Sóbis (Alisson – intervalo) e Ábila. Técnico: Mano Menezes.

ATLÉTICO: Victor, Carlos César (Gabriel 70’), Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso, Clayton e Otero; Robinho (Cazares 73’) e Fred (Lucas Pratto 65’). Técnico: Marcelo Oliveira.

 

Foto: Juliana Flister / Light Press / Cruzeiro