Em um jogo de ataque contra defesa do princípio ao fim, a Alemanha venceu a Irlanda do Norte por 2 a 0, em Hannover, mantendo 100% de aproveitamento nas Eliminatórias para a Copa 2018. Derrotou anteriormente a Noruega, em Oslo, e a República Tcheca, em Hamburgo, ambas por 3 a 0.

E a exemplo do que havia ocorrido nessa última partida, os campeões do mundo criaram e desperdiçaram um punhado de oportunidades, que se aproveitadas teriam, é claro, construído um placar expressivo. Levando-se em conta que a Alemanha vai enfrentar San Marino em duas ocasiões, e o Azerbaijão em casa, está praticamente classificada para o Mundial da Rússia.

A Alemanha já começou pondo em prática um futebol veloz e de muita movimentação, envolvendo a retranca do adversário, que resistiu por apenas 13 minutos. Nesta marca, Draxler chutou da meia-lua no canto esquerdo de McGovern e fez 1 a 0. Aos 16, o time da casa ampliou, com uma linha de passe de cabeça, de Hummels para Kedhira, que concluiu à direita: 2 a 0.

No segundo tempo, a seleção britânica, satisfeita com o resultado, que não poderia prejudicá-la em saldo de gols, na briga pelo segundo lugar do Grupo C, que leva à repescagem, preferiu permanecer recuada, sem arriscar contra-ataques, conservando o 2 a 0. Diante do poder dos campeões do mundo, sem dúvida um bom negócio. A festa dos irlandeses no estádio foi a maior prova disso.

Jogos que restam para a Alemanha: San Marino (11/11 – Serravalle), Azerbaijão (26/3/17 – Baku), San Marino (10/6/17 – casa), República Tcheca (1/9/17 – fora), Noruega (4/9 – casa), Irlanda do Norte (15/10 – fora) e Azerbaijão (8/10 – casa).

 

ALEMANHA 2 x 0 IRLANDA DO NORTE

Data: Terça-feira, 11 de outubro de 2016.

Competição: Eliminatórias Copa do Mundo 2018 / Europa / Grupo C / 3ª rodada.

Local: Niedersachsenstadion, em Hannover / Alemanha.

Arbitragem: Paolo Tagliavento, Alessandro Costanzo e Matteo Passeri / Itália.

Gols: Julian Draxler 13’ e Sami Khedira 16’.

ALEMANHA: Manuel Neuer, Joshua Kimmich, Jerome Boateng (Shkodran Mustafi 69’), Mats Hummels e Jonas Hector (Kevin Volland 80’); Sami Khedira, Toni Kroos, Mesut Özil (Ilkay Gundogan – interval) e Thomas Müller; Mario Götze e Julian Draxler. Técnico: Joachim Löw.

IRLANDA DO NORTE: Michael McGovern, Lee Hodson, Aaron Hughes, Gareth McAuley, Jonny Evans e Shane Ferguson; Steven Davis, Corry Evans, Oliver Norwood (Paddy McNair 73’) e Jamie Ward (Nial McGinn 60’); Josh Magennis (Kyle Lafferty 76’) e Conor Washington. Técnico: Michael O´Neill.

 

Foto: Uefa.com