Portugal venceu: 6 a 0 sobre Andorra. Mas também perdeu: a chance de estabelecer um saldo de gols que pode ser fundamental na decisão pelo primeiro lugar do Grupo B, que conta ainda com Hungria, Ilhas Faroe, Letônia e Suíça. Exagero? Nem tanto. O time praticamente não teve adversário. Andorra só ganhou três das 136 partidas que disputou desde a sua estreia, em 1996. Foi uma partida de ataque contra defesa. No entanto, desperdiçou um punhado de oportunidades, por capricho, ou vez por outra, mérito do goleiro Josep Gomes. Já Rui Patrício teve tempo para ler a edição inteira de “A Bola”. Pegou a primeira nos acréscimos do tempo derradeiro.

Cristiano Ronaldo foi o dono do espetáculo. Além de anotar quatro vezes, provocou, com seus dribles, duas expulsões. Cristiano Ronaldo fez 1 a 0 com um minuto, após escanteio cobrado por Quaresma, e 2 a 0 aos três, de cabeça, escorando cruzamento do mesmo companheiro. Aos 43, João Cancelo tabelou com Bernardo Silva, recebeu na frente, e chutou entre a trave esquerda e o goleiro: 3 a 0. Mal começou o segundo tempo, e Cristiano Ronaldo completou de primeira bola levantada por André Gomes: 4 a 0. Aos 23, Quaresma cruzou, José Fonte ajeitou de cabeça para ele, Cristiano Ronaldo, bater de canhota, à direita: 5 a 0. Aos 40, Quaresma cobrou falta, Gomes soltou, e André Silva enfiou 6 a 0. Acredite: foi muito pouco.

Os jogos de Portugal: Ilhas Faroe (10/10/16 – Torshavn), Letônia (13/11 – Faro), Hungria (25/3/17 – fora), Letônia (9/6/17 – fora), Ilhas Faroe (31/8/17 – casa), Hungria (3/9/17 – fora), Andorra (7/10/17 – fora) e Suíça (10/10/17 – casa).

 

PORTUGAL 6 x 0 ANDORRA

Data: Sexta-feira, 7 de outubro de 2016.

Competição: Eliminatórias Copa do Mundo 2018 / Europa / Grupo B / 2ª rodada.

Local: Estádio Municipal de Aveiro / Beira-Mar, em Aveiro / Portugal.

Arbitragem: Olivier Drachta, Roland Brandner e Stefan Kühr / Áustria.

Expulsões: Jordi Rubio 61’ e Marc Relés 70’.

Gols: Cristiano Ronaldo 1’, 3’, 46’ e 68’, João Cancelo 43’ e André Silva 85’.

PORTUGAL: Rui Patrício, João Cancelo, Pepe (Gélson Martins 72’), José Fontes e Raphael Guerreiro (Vitorino Antunes 52’); André Gomes (João Mário 66’), João Moutinho, Ricardo Quaresma e Bernardo Silva; Cristiano Ronaldo e André Silva. Técnico: Fernando Manuel Costa Santos.

ANDORRA: Josep Gomes, Ildefons Lima, Jordi Rubio, Marc Vales e Marc Garcia Remon (Moisés San Nicolas 49’); Max Llovera, Márcio Vieira, Cristian Martinez (Victor Moreira 76’) e Marc Relés; Victor Rodriguez e Jordi Alaez (Marc Puyol 73’). Técnico: Jesus Luis Alvarez de Eulate – Koldo Alvarez.