O Santos venceu o Fluminense por 2 a 1, na Vila Belmiro, e manteve a possibilidade de brigar pelo título do Brasileiro. Foi a quinta vitória em seis jogos. Com 51 pontos, está a seis do líder Palmeiras. O time carioca, com 46, e apesar da derrota, continua brigando por vaga na Libertadores.

O Peixe teve maior posse de bola no tempo inicial, mas quem esteve perto do gol foi o Tricolor, em duas oportunidades. A primeira pertenceu ao time paulista: Copete lançou Ricardo Oliveira, que bateu em cima de Júlio César. Aos 36 minutos, Wellington driblou quatro adversários e chutou de longe no canto direito de Vanderlei, que fez ótima defesa. Aos 37, Marcos Júnior concluiu na pequena área, em cima do lateral Zeca. Em resumo, uma partida movimentada, com poucas infrações, na qual faltou antes de tudo criatividade.

O Santos voltou com Rafael Longuine no lugar de Vecchio. E a equipe de Dorival Júnior marcou logo aos três minutos, em cabeçada de Copete, após cruzamento perfeito de Renato. Levir Culpi tratou de trocar Pierre por Richarlyson, para tornar o time mais ofensivo. Aos 18, William Matheus levantou na área, Marcos Júnior desviou, Vanderlei defendeu, e Wellington Silva apanhou o rebote para empatar: 1 a 1. Pouco depois, Richarlyson desperdiçou grande chance, batendo para fora, após passe de Gustavo Scarpa.

Aos 34, Jean Mota cobrou falta na trave esquerda. Na sequência, bateu escanteio para Ricardo Oliveira cabecear e marcar o gol da vitória do Peixe: 2 a 1. O Fluminense fez mudanças, mas não teve forças para reagir.

Os dois times voltam a jogar na quinta, 13 de outubro, em clássicos regionais. O Santos enfrenta o São Paulo no Pacaembu, e o Fluminense recebe o Flamengo na Ilha do Governador.

 

SANTOS 2 x 1 FLUMINENSE

Data: Quarta-feira, 5 de outubro de 2016.

Competição: Campeonato Brasileiro / 29ª rodada.

Local: Estádio Urbano Caldeira / Vila Belmiro, em Santos / SP.

Público: 5.253 espectadores.

Arbitragem: Igor Júnio Benevenuto, Celso Luiz da Silva e Pablo Almeida da Costa / MG.

Gols: Copete 48’, Wellington Silva 63’ e Ricardo Oliveira 80’.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Jean Mota (Yuri 85’) e Vecchio (Rafael Longuine – intervalo); Copete e Ricardo Oliveira (Rodrigão 89’). Técnico: Dorival Silvestre Júnior.

FLUMINENSE: Júlio César,Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre (Richarlyson 55’), Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior (Henrique Dourado 85’) e Wellington (Marquinho 78’). Técnico: Levir Culpi.

 

Foto: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.