Quem acompanhou o Flamengo ao longo da semana percebeu que o quadro político do clube, a exemplo do futebol, também está confuso. Ainda há dificuldade para esclarecer quais são os candidatos à presidência. E de que lados estão os muitos nomes que giram em torno das próximas eleições.

A primeira impressão, quando se toma ciência do assunto, é a de que há uma linha tênue entre situação e oposição. Na realidade, e quem conhece a história sabe disso, os bastidores rubro-negros estão sempre em efervescência, seja apenas pela paixão – isso também existe entre cartolas – ou pela projeção que o clube é capaz de proporcionar, daí despertando interesses distintos, que vão muito além da arquibancada ou das quatro linhas.

Como há no momento um punhado de gente envolvida, sem que se veja com clareza quem apóia quem, é quase impraticável afirmar quem poderá dirigir o Flamengo a partir de 2019. E por mais que se diga que o quadro político não interfere diretamente no futebol, tal situação já é real, pois os resultados – ou a falta deles – abre espaço para as muitas críticas e protestos que acabam por tumultuar ainda mais o ambiente.

Assim, além da discussão sobre o desempenho da Comissão Técnica, dos atletas e dos próprios cartolas que estão no poder, parece que o grande debate que se faz necessário não é mais em torno da troca de treinador, ou da cobrança agressiva em cima dos jogadores, que quase apanharam no aeroporto, mas sobre uma provável composição política que pudesse evitar um desastre completo no futebol nos oito meses que restam em 2018.

Não seria uma novidade no Flamengo. Ocorreram pelo menos 16 casos semelhantes na história do clube. Não se pede ou exige a renúncia do presidente. Mas uma trégua nos combates internos, por meio de um acerto de cavalheiros, que pudesse arrefecer os ânimos, em todos os níveis, da alta cartolagem ao torcedor da geral. Sem trocadilho, uma bandeira branca.

Seria interessante ressaltar, que apesar da confusão, o Flamengo continua no páreo em todas as competições. Ou seja, que ainda é possível ganhar qualquer uma delas.