Vejam como o futebol muda com rapidez nos tempos atuais. Flamengo e São Paulo jogaram pela última vez em 22 de outubro de 2017. São 267 dias. Desde então, 18 dos 45 jogadores envolvidos na partida trocaram de clube. Mais de um terço.

Vamos dar aqui, por ordem alfabética, a relação deles. Entraram em campo pelo Flamengo: Berrio, Cuellar, Diego, Diego Alves, Éverton, Éverton Ribeiro, Gabriel, Geuvânio, Lucas Paquetá, Pará, Réver, Rhodolfo, Trauco e William Arão. Permaneceram no banco: Alex Muralha, César, Juan, Márcio Araújo, Rafael Vaz, Renê, Rodinei e Rômulo.

Atuaram pelo São Paulo: Aderlan Santos, Arboleda, Cueva, Denílson, Éder Militão, Edimar, Hernanes, Jonathan Gomez, Jucilei, Lucas Pratto, Marcos Guilherme, Petros, Rodrigo Caio e Sidão. Ficaram na reserva até o fim do jogo: Araruna, Bruno Alves, Buffarini, Júnior Tavares, Lucas Fernandes, Marcinho, Renan Ribeiro, Shaylon e Thomaz.

Aliás, os técnicos de 2017 também já saíram. O colombiano Reinaldo Rueda trocou o Flamengo pela seleção do Chile. Foi substituído por Paulo César Carpegiani, que saiu da Gávea após 17 jogos, trocado por Maurício Barbiéri. E Dorival Júnior, que dirigia o time paulista, continua sem clube. Quase cinco meses. André Jardine ocupou o cargo interinamente, até a chegada do uruguaio Diego Aguirre, em meados de março.

Voltando aos jogadores, dos 18 que trocaram de clube, 12 foram para o exterior. Há também os que já estiveram para sair em mais de uma ocasião: Lucas Paquetá, Rodrigo Caio, Rômulo, Trauco e William Arão. Mas esses continuam. Assim, veja abaixo a relação, por ordem alfabética, dos que deixaram efetivamente os dois clubes desde outubro de 2017, com a indicação do destino de cada um. Éverton (foto), como se sabe, trocou o Flamengo pelo São Paulo.

– Aderlan Santos – Vitória / BA

– Alex Muralha – Albitex Niigata / Japão

– Buffarini – Boca Juniors / Argentina

– Cueva – Krasnodar / Rússia

– Denílson / Granada / Espanha

– Éverton – São Paulo / SP

– Gabriel – Sport Recife / PE

– Hernandes – Hebei Fortune / China

– Jonathan Gomez – Al Fayha / Arábia Saudita

– Júnior Tavares – Sampdoria / Itália

– Lucas Pratto – River Plate / Argentina

– Marcinho – São Bernardo / SP

– Márcio Araújo – Chapecoense / SC

– Marcos Guilherme – Al Wehda / Arábia Saudita

– Petros – Al Nassr / Arábia Saudita

– Rafael Vaz – Universidad de Chile / Chile

– Renan Ribeiro – Estoril Praia / Portugal

– Thomaz – Paysandu / PA