Cumprindo obrigação e tabela o Flamengo venceu a Chapecoense por 2 a 0 no Maracanã, gols de Renê aos 43 minutos e de Diego, cobrando pênalti, aos 56. O que mais impressionou foi a presença de público, mais de 30 mil pessoas num sábado à noite, para acompanhar um time que não tem mais o que fazer em 2018, tal a indiferença de sua direção, que não tomou providências quando ainda era possível salvar a pátria. Na realidade, como a torcida também não faz qualquer movimento inteligente para reagir, como deixar o estádio vazio, ou alimentar protestos de verdade pelas redes sociais, o clube vai melancolicamente aguardando o fim da temporada. Daqui, resta esperar as eleições, na esperança de que a oposição, saindo vencedora, possa tornar o Flamengo novamente vencedor.

FLAMENGO 2 x 0 CHAPECOENSE / SC

Data: Sábado, 8 de setembro de 2018.

Competição: Campeonato Brasileiro / 24ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, Daniel Luiz Marques e Daniel Paulo Ziolli / SP.

Público: 28.893 pagantes / 30.647 presentes / 1.664 gratuidades.

Gols: Renê 43’ e Diego 56’ (pênalti – Leandro Pereira / mão na bola).

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei (Pará – intervalo), Réver, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta, William Arão, Diego e Éverton Ribeiro (Marlos Moreno 87’); Vitinho e Uribe (Berrio 79’). Técnico: Maurício Barbiéri.

CHAPECOENSE: Jandrei, Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Roberto; Márcio Araújo (Diego Torres 72’), Amaral (Barreto – intervalo), Canteros e Capixaba (Marquinhos 32’); Bruno Silva e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.

 

Foto: Raphael Zarko via Twitter