Flamengo e Bahia fazem no próximo sábado, 29 de setembro, na Fonte Nova, o 41º jogo entre ambos pelo Brasileiro. A vantagem na história do confronto é do Rubro-Negro: 13 a 12. O Tricolor da Boa Terra venceu a primeira partida, 2 a 1, na Fonte Nova, em 1968. E o clube carioca, a última, 2 a 0, no Maracanã, em 2018.

Vale lembrar que a CBF tornou oficiais, em dezembro de 2010, como campeonatos nacionais, os torneios disputados a partir de 1959, a Taça Brasil (1959-1968) e o Roberto Gomes Pedrosa (1967-1970).

É importante ressaltar ainda que não houve cruzamento dos clubes na Taça Brasil. E que os clubes não se enfrentaram em 1967, porque o Bahia não disputou o campeonato. Em 1973, de 1978 a 1980, de 1982 a 1984, e em 1986 e 1989, por conta de regulamentos diferentes. Em 2004, 2005, de 2008 a 2010, e em 2015 e 2016, porque o Tricolor disputou a Série B. Em 2006 e 2007, porque estava na Série C.

Confira abaixo os detalhes dos 40 jogos. E após as súmulas, as estatísticas do confronto.

 

1º jogo

FLAMENGO 1 x 2 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 27 de novembro de 1968.

Competição: Taça de Prata / Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 15ª rodada.

Público: não divulgado.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Arbitragem: Lourálber Monteiro, Jaime Câmara e Válter Gonçalves / BA.

Gols: Jair 24’, Dionísio 33’ e Sanfilippo 77’.

FLAMENGO: Marco Aurélio, Marcos, Moisés, Onça e Paulo Henrique; Liminha e Rodrigues Neto; Luiz Carlos Tatu, Dionísio, Fio Maravilha e Arílson (Reyes – intervalo). Técnico: Válter Miraglia Alves.

EC BAHIA: Jurandir, Tenente, Jaime Valente, Zé Otto e Pão; Amorim e Baiaco; Jair, Gagé (China – intervalo), Sanfilippo e Canhoteiro. Técnico: Paulo Lima Amaral.

 

2º jogo

FLAMENGO 0 x 0 EC BAHIA

Data: Domingo, 21 de setembro de 1969.

Competição: Taça de Prata / Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 5ª rodada.

Público: não divulgado.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Arbitragem: José Luiz Barreto / RS, Lourálber Monteiro / BA e Válter Gonçalves / BA.

FLAMENGO: Sidney, Murilo, Manicera, Guilherme e Paulo Henrique; Liminha e Rodrigues Neto; Ademir, Fio Maravilha (Bianchini 70’), Dionísio (Luiz Cláudio 65’) e Arílson. Técnico: Válter Miraglia Alves.

EC BAHIA: Jurandir, Mura, Zé Otto, Nildon e Adevaldo; Amorim e Eliseu; Baiaco (Zé Eduardo 75’), Carlinhos, Sanfilippo e Artur. Técnico: Marinho Rodrigues de Oliveira.

(*) Destaque para a presença de João Saldanha, técnico da Seleção Brasileira na época.

 

3º jogo

FLAMENGO 0 x 1 EC BAHIA

Data: Terça-feira, 18 de novembro de 1970.

Competição: Taça de Prata / Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 13ª rodada.

Local: Estádio Municipal Lourival Baptista / Batistão, em Aracaju / SE.

Público: não divulgado.

Arbitragem: Romualdo Arpi Filho / SP e Nei Andrade Nunes Maia e Válter Gonçalves / BA.

Gol: Vítor 53’.

FLAMENGO: Ubirajara Alcântara, Murilo, Washington, Reyes e Paulo Henrique; Zanata e Liminha; Doval, Ney Oliveira (Mílton 77’), Fio Maravilha e Caldeira (Arílson – intervalo). Técnico: Dorival Knippel – Yustrich.

EC BAHIA: Picasso, Aguiar, Zé Otto, Roberto Rebouças e Souza; Amorim e Lourival; Baiaco, Carlinhos (Sanfilippo 88’), Zé Eduardo e Vítor (Raul 75’). Técnico: Manuel Agustín Fleitas Solich / Paraguai.

 

4º jogo

FLAMENGO 1 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 11 de agosto de 1971.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 2ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 34.335 espectadores.

Arbitragem: Romualdo Arpi Filho / SP e Bartolomeu Vaz Lordello e Garibaldo Mattos / BA.

Gols: Carlinhos 30’ (pênalti – falta de Reyes em Caldeira) e Zico 51’.

FLAMENGO: Ubirajara Alcântara, Murilo, Fred, Reyes e Paulo Henrique; Liminha, Rodrigues Neto e Zico; Rogério (Fio Maravilha 83’), Zé Eduardo e Samarone (Buião 75’). Técnico: Manuel Agustín Fleitas Solich / Paraguai.

EC BAHIA: Renato, Moreira, Zé Otto, Roberto Rebouças e Souza; Amorim e Baiaco; Ademir (Paulo César 72’), Eliseu, Carlinhos e Caldeira. Técnico: Jorge Silva Vieira – Jorge Vieira.

 

5º jogo

FLAMENGO 1 x 0 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 27 de setembro de 1972.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / 6ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 35.519 espectadores.

Arbitragem: Romualdo Arpi Filho / SP e Bartolomeu Vaz Lordello e Válter Gonçalves / BA.

Gol: Doval 26’.

FLAMENGO: Renato, Moreira, Chiquinho Pastor, Tinho e Rodrigues Neto; Liminha, Zé Mário e Paulo César Lima; Vicentinho, Humberto Redes (Arílson 65’) e Doval. Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.

EC BAHIA: Buttice, Odair, Onça, Amorim e Paulo Henrique; Baiaco e Eliseu; Afonsinho (João Daniel 65’), Alberto, Picolé e Ricardo (Nílson 65’). Técnico: Sylvio Pirilo.

 

6º jogo

FLAMENGO 2 x 0 EC BAHIA

Data: Sábado, 30 de março de 1974.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / 6ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 25.316 espectadores.

Arbitragem: Dulcídio Wanderley Boschilia / SP e Bartolomeu Vaz Lordello e Nílton de Carvalho Tranquilli / BA.

Gols: Paulinho Carioca 22’ e Zico 53’.

FLAMENGO: Renato, Aloísio, Jaime, Luiz Carlos e Rodrigues Neto; Liminha, Zé Mário e Geraldo; Paulinho Carioca, Zico (Ruy Rey 76’) e Arílson (Vicentinho 77’). Técnico: Joubert Luiz Meira – Joubert.

EC BAHIA: Buttice, Ubaldo, Sapatão, Altivo (Roberto Rebouças 77’) e Romero; Alberto e Baiaco (Fernando Silva 78’); Heck, Piolho, Picolé e Pery. Técnico: João Paulo de Oliveira – Pinguela.

 

7º jogo

FLAMENGO 0 x 0 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 24 de agosto de 1975.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / 2ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 42.516 espectadores.

Arbitragem: Romualdo Arpi Filho / SP e Anivaldo Seixas de Magalhães e Nei Andrade Nunes Maia / BA.

FLAMENGO: Cantarelli, Júnior, Jaime, Luiz Carlos e Luiz Florêncio (Rondinelli – intervalo); Liminha, Geraldo e Édson; Doval (Paulinho Carioca 66’), Luisinho e Zico. Técnico: Joubert Luiz Meira – Joubert.

EC BAHIA: Luiz Antônio, Ubaldo (Perivaldo 67’), Sapatão, Roberto Rebouças e Romero; Alberto (Tirson 67’), Baiaco e Fito; Douglas, Beijoca e Caldeira. Técnico: Joacy Freitas Dutra – Alencar.

 

8º jogo

FLAMENGO 2 x 2 EC BAHIA

Data: Quinta-feira, 14 de novembro de 1976.

Competição: Campeonato Brasileiro / Terceira Fase / Grupo R / 5ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 49.652 espectadores.

Arbitragem: Sebastião Rufino Ribeiro / PE, João Albuquerque Gomes / SP e Luiz Vieira Villanova / CE.

Gols: Toninho 42’, Jorge Campos 56’, Tadeu 72’ e Rondinelli 81’ (contra).

FLAMENGO: Roberto, Toninho, Rondinelli, Jaime e Júnior; Merica, Tadeu e Zé Roberto; Júnior Brasília (Marciano 62’), Luisinho e Zico. Técnico: Cláudio de Moraes Pêcego Coutinho – Cláudio Coutinho.

EC BAHIA: Joel Mendes, Perivaldo, Sapatão, Zé Augusto (Rodolfo 72’) e Romero; Alberto, Baiaco e Fito; Jorge Campos, Douglas e Washington (Eduzinho 55’). Técnico: Orlando Fantoni.

 

9º jogo

FLAMENGO 0 x 0 EC BAHIA

Data: Domingo, 23 de outubro de 1977.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / Grupo E / 3ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 62.087 espectadores.

Arbitragem: Sebastião Rufino Ribeiro / PE, Bartolomeu Vaz Lordello / BA e Manoel Serapião Filho / PE.

FLAMENGO: Cantarelli, Toninho, Rondinelli, Dequinha e Júnior; Merica, Adílio e Zico; Osni, Cláudio Adão (Tita 65’) e Luiz Paulo. Técnico: Cláudio de Moraes Pêcego Coutinho – Cláudio Coutinho.

EC BAHIA: Luiz Antônio, Toninho, Sapatão, Zé Augusto e Edmílson; Baiaco, Luciano e Altimar; Gibira (Washington 60’), Zé Neto (Freitas 75’) e Jésum. Técnico: Carlos Benevenuto Froner.

 

10º jogo

FLAMENGO 0 x 0 EC BAHIA

Data: Sexta-feira, 8 de abril de 1981.

Competição: Campeonato Brasileiro / Oitavas de Final / Ida.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 63.701 espectadores.

Arbitragem: Roberto Nunes Morgado, Dárcio Pereira e Luiz Carlos Antunes / SP.

FLAMENGO: Raul, Nei Dias, Luiz Pereira, Marinho e Júnior; Vítor, Adílio (Andrade 65’) e Zico; Fumanchu (Anselmo 65’), Nunes e Tita. Técnico: Dino Sani.

EC BAHIA: Renato, Edinho (Sales 80’), Édson Soares, Zé Augusto e Paulo César; Léo Oliveira, Emo e Washington; Toninho Taino, Dirceu Catimba (Helinho 67’) e Gílson. Técnico: Aymoré Moreira.

 

11º jogo

FLAMENGO 2 x 0 EC BAHIA

Data: Sábado, 11 de abril de 1981.

Competição: Campeonato Brasileiro / Oitavas de Final / Volta.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 63.378 espectadores.

Arbitragem: Romualdo Arpi Filho, Antônio Fonseca Ribeiro e Mauro Félix da Silva / SP.

Gols: Nunes 76’ e 88’.

FLAMENGO: Raul, Nei Dias, Luiz Pereira, Marinho e Júnior; Vítor, Adílio e Zico; Fumanchu (Anselmo – intervalo) (Carlos Alberto 70’), Nunes e Tita. Técnico: Dino Sani.

EC BAHIA: Renato, Edinho, Fernando, Zé Augusto e Ricardo Longhi; Helinho, Léo Oliveira (Everaldo 77’) e Washington; Toninho Taino (Dirceu Catimba 77’), Emo e Gílson. Técnico: Aymoré Moreira.

(*) Primeiro jogo do confronto pelo Brasileiro disputado no Rio de Janeiro.

 

12º jogo

FLAMENGO 0 x 0 EC BAHIA

Data: Domingo, 7 de julho de 1985.

Competição: Campeonato Brasileiro / Segunda Fase / Grupo F / 2ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 71.953 espectadores.

Arbitragem: José de Assis Aragão, Antônio Carlos Santos Lupo e Dárcio Pereira / SP.

FLAMENGO: Fillol, Leandro, Ronaldo, Mozer (Aílton – intervalo) e Ném; Andrade, Adílio e Bebeto; Tita, Chiquinho e Marco Antônio Rodrigues. Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.

EC BAHIA: Roberto, Edinho, Estevam, Celso e Miguel; Sales, Leandro e Emo; Robson, Ademir Patrício (Carlinhos 60’) e Souza (Helinho 25’). Técnico: Paulo de Almeida Ribeiro – Paulinho de Almeida.

 

13º jogo

FLAMENGO 3 x 0 EC BAHIA

Data: Domingo, 14 de julho de 1985.

Competição: Campeonato Brasileiro / Segunda Fase / Grupo F / 4ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 58.201 espectadores.

Arbitragem: Luiz Carlos Antunes, Antônio Paula e Silva e João Massoneto / SP.

Gols: Tita 32’, Zico 47’ e Chiquinho 55’.

FLAMENGO: Fillol, Aílton, Leandro, Guto  (Ronaldo 87’) e Adalberto (Ném 79’); Andrade, Adílio e Zico; Tita, Chiquinho e Marco Antônio Rodrigues. Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.

EC BAHIA: Roberto, Edinho, Estevam, Celso e Miguel; Sales, Marinho e Leandro (Bebeto – intervalo); Robson, Ademir Patrício e Emo. Técnico: Paulo de Almeida Ribeiro – Paulinho de Almeida.

 

14º jogo

FLAMENGO 2 x 0 EC BAHIA

Data: Quinta-feira, 12 de novembro de 1987.

Competição: Campeonato Brasileiro / Segunda Fase / Grupo A / 5ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 87.876 espectadores.

Arbitragem: Dulcídio Wanderley Boschilia, Edvaldo Pereira da Silva e Wilson Roberto Cattani / SP.

Gols: Zinho 14’ e Bebeto 69’.

FLAMENGO: Zé Carlos, Leandro Silva, Leandro, Edinho e Leonardo; Andrade, Aílton e Zico (Flávio Campos 84’); Renato Gaúcho, Bebeto e Zinho. Técnico: Luiz Carlos Nunes da Silva – Carlinhos.

EC BAHIA: Rogério, Zanata, Pereira, Claudir e Rivaldo; Sales, Lulinha (Leandro 70’) e Bobô; Gil, Hélio (Edu 70’) e Sandro. Técnico: Paulo de Almeida Ribeiro – Paulinho de Almeida.

 

15º jogo

FLAMENGO 0 x 1 EC BAHIA

Data: Domingo, 18 de setembro de 1988.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / Primeiro Turno / 4ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 35.627 espectadores.

Arbitragem: José de Assis Aragão, Donato Roberto Forcella e Wilson Roberto Cattani / SP.

Gol: Bobô 15’.

FLAMENGO: Milagres, Xande, Aldair, Dario Pereyra e Leonardo; Delacir, Aílton e Luvanor; Alcindo, Luiz Carlos (Cacaio 72’) e Zinho. Técnico: José Cândido Sotto Maior – Candinho.

EC BAHIA: Ronaldo, Edinho, Pereira, João Marcelo e Paulo Robson; Renato, Zé Carlos e Bobô; Osmar (Dico 60’), Gil e Sandro. Técnico: Evaristo de Macedo Filho.

 

16º jogo

FLAMENGO 0 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 29 de agosto de 1990.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / Primeiro Turno / 2ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 28.355 espectadores.

Arbitragem: Luiz Cunha Martins, Ingorn Kronbauer e Vílson Bagatini / RS.

Expulsão: Nelsinho 90’ (falta violenta em Naldinho).

Gol: Charles Baiano 18’.

FLAMENGO: Zé Carlos, Zanata, Vítor Hugo, Fernando e Nelsinho; Júnior, Aílton (Bujica 79’) e Bobô; Renato Gaúcho, Gaúcho e Zinho (Djalminha 88’). Técnico: Jair Pereira da Silva – Jair Pereira.

EC BAHIA: Chico, Maílson, Vágner Basílio, Jorginho e Gléber; Paulo Rodrigues, Gil e Renatinho; Naldinho (Hélio 80’), Charles Baiano e Marquinhos (Luiz Henrique 76’). Técnico: José Cândido Sotto Maior – Candinho.

(*) Houve paralisação de 10 minutos a partir do 68º minuto por causa de uma briga generalizada envolvendo jogadores, radialistas baianos e seguranças do Flamengo.

 

17º jogo

FLAMENGO 1 x 2 EC BAHIA

Data: Sábado, 23 de fevereiro de 1991.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 4ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 10.044 espectadores.

Arbitragem: Renato Marsiglia, César Augusto Correia Carrasco e Inácio Mendes / RS.

Gols: Jorginho 4’, Naldinho 75’ e Gaúcho 80’ (pênalti – falta de Paulo Rodrigues em Marcelinho Carioca).

FLAMENGO: Zé Carlos, Aílton, Adílson, Rogério e Piá; Júnior, Charles Guerreiro, Toninho e Paulo César Cruvinel (Alcindo 62’); Nélio (Gaúcho – intervalo) e Marcelinho Carioca. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

EC BAHIA: Ricardo, Maílson, Vágner Basílio, Jorginho e Gléber; Paulo Rodrigues, Gil e Luiz Henrique; Naldinho, Edemílson (Ronaldo 75’) e Adil (Mazinho 75’). Técnico: Carlos Gainete Filho.

 

18º jogo

FLAMENGO 1 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 29 de janeiro de 1992.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / 1ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 17.607 espectadores.

Arbitragem: Ulisses Tavares da Silva Filho, Edie Mauro Garcia Detofoli e Paulo César Marques / SP.

Gols: Gaúcho 8’ e Paulo Rodrigues 34’ (pênalti – falta de Júnior Baiano em Osmar).

FLAMENGO: Gilmar, Charles Guerreiro, Júnior Baiano, Rogério e Piá; Júnior, Uidemar, Djalminha (Toto 65’) e Zinho; Paulo Nunes e Gaúcho. Técnico: Luiz Carlos Nunes da Silva – Carlinhos.

EC BAHIA: Sérgio Ném, Maílson, Vágner Basílio, Jorginho e Givan; Paulo Rodrigues, Osmar e Lima Sergipano (Lima 72’); Barbosa (Marcelo – intervalo), Vandick e Naldinho. Técnico: Luiz Antônio Vieira.

 

19º jogo

FLAMENGO 1 x 1 EC BAHIA

Data: Terça-feira, 7 de setembro de 1993.

Competição: Campeonato Brasileiro / Grupo A / Primeira Fase / 1ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 41.092 espectadores.

Arbitragem: Márcio Resende de Freitas, Evaristo de Souza e Marco Antônio Martins / MG.

Gols: Casagrande 55’ e Marcelo 66’.

FLAMENGO: Gilmar, Charles Guerreiro, Júnior Baiano, Rogério e Piá; Fabinho, Marquinhos, Nélio e Rodrigo Mendes (Luiz Antônio 61’); Marcelinho Carioca e Casagrande. Técnico: Evaristo de Macedo Filho.

EC BAHIA: Rodolfo Rodriguez, Nilmar, Jorginho, Vilmar e Rogério; Lima (Gílson Batata 56’), Pino, Arturzinho (Dadá 75’) e Marquinhos; Marcelo e Naldinho. Técnico: João Francisco Nóbrega da Silva – João Francisco.

 

20º jogo

FLAMENGO 1 x 1 EC BAHIA

Data: Sábado, 9 de outubro de 1993.

Competição: Campeonato Brasileiro / Grupo A / Primeira Fase / 13ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 11.715 espectadores.

Arbitragem: João Paulo Araújo, Paulo Roberto Gambi e Paulino Castro / SP.

Gols: Marcelinho Carioca 23’ e Marcelo 26’.

FLAMENGO: Gilmar, Jorge Antônio, Júnior Baiano, Rogério e Piá; Fabinho, Marquinhos (Nélio 66’), Charles Guerreiro e Marcelinho Carioca; Casagrande e Edu Lima (Renato Gaúcho 55’). Técnico: Leovegildo Lins Gama Júnior – Júnior.

EC BAHIA: Rodolfo Rodriguez, Lima, Ronald, Vilmar e Rogério (Alex 65’); Adinaldo, Arturzinho, Ramon (Pino – intervalo) e Marquinhos; Marcelo e Naldinho. Técnico: Antônio Leone.

 

21º jogo

FLAMENGO 0 x 1 EC BAHIA

Data: Domingo, 30 de outubro de 1994.

Competição: Campeonato Brasileiro / Grupo B / Segunda Fase / 7ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 1.890 espectadores.

Arbitragem: Oscar Roberto de Godói, Carlos Silva e Walter Reis / SP.

Gol: Zé Roberto 47’.

FLAMENGO: Gilmar, Fabiano, Gélson Baresi, Marçal (Rogers 70’) e Jura; Charles Guerreiro, Hugo, Fábio Baiano e Serginho (Paulo Nunes – intervalo); Magno e Sávio. Técnico: Luiz Carlos Nunes da Silva – Carlinhos.

EC BAHIA: Jean, Odemílson, Missinho, Ronald e Lima; Souza, Israel (Samuel 84’), Uéslei e Zé Roberto (Marcelo 80’); Raudinei e Paulo Emílio. Técnico: Joel Natalino Santana.

(*) Logo após o jogo, o Flamengo demitiu Carlinhos, e anunciou a contratação do ex-zagueiro Edinho, campeão brasileiro de 1987 pelo clube.

 

22º jogo

FLAMENGO 2 x 2 EC BAHIA

Data: Sábado, 21 de outubro de 1995.

Competição: Campeonato Brasileiro / Primeira Fase / Segundo Turno / 3ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 59.172 espectadores.

Arbitragem: Antônio Pereira da Silva, Filomano Dourado dos Santos e Nélson Pereira / GO.

Expulsão: Alexandre 60’ (falta violenta em Naldinho).

Gols: Romário 17’ e 43’, Ronald 81’ e Raudinei 92’.

FLAMENGO: Paulo César, Luiz Carlos Winck, Válber, Ronaldão e Alexandre; Márcio Costa, Djair (Pingo 80’) e Rodrigo Mendes; Edmundo (Fabiano 89’), Romário e Sávio. Técnico: Washington Carlos Nunes Rodrigues – Washington Rodrigues.

EC BAHIA: Jean, Souza (Celso 64’), Ronald, Parreira e Kel (Eduardo 89’); Lima, Bonamigo, Bobô e Cilinho (Ângelo 72’); Naldinho e Raudinei. Técnico: Otacílio Gonçalves da Silva Júnior – Otacílio Gonçalves.

 

23º jogo

FLAMENGO 0 x 1 EC BAHIA

Data: Domingo, 24 de novembro de 1996.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 24ª rodada.

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 736 espectadores.

Arbitragem: Francisco Dacildo Mourão Albuquerque / CE.

Expulsões: Fabiano 23’ (falta violenta em Geraldo) e Fábio Baiano 76’ (falta violenta em Naldinho).

Gol: Edmundo 15’.

FLAMENGO: Fábio Noronha, Fábio Baiano, Juan, Ronaldão e Gilberto; Fabiano, Pingo, Iranildo e Caíco (Athirson 58’); Romário e Marco Aurélio Jacozinho. Técnico: Joel Natalino Santana.

EC BAHIA: Jean, Leandro Silva, Vladimir, Samuel e Hermes; Lima, Eduardo, Juninho e Geraldo (Messias 80’); Edmundo (Mantena 88’) e Naldinho (Claudinho – intervalo). Técnico: Procópio Cardoso.

 

24º jogo

FLAMENGO 0 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 9 de julho de 1997.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 2ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 26.877 espectadores.

Arbitragem: Flávio de Carvalho / SP, Eduardo Menezes / PB e José Telles / CE.

Expulsão: Zinho 85’ (reclamação ao árbitro).

Gol: Lima 17’.

FLAMENGO: Clemer, Fábio Baiano, Júnior Baiano, Fabiano e Gilberto; Jamir, Jorginho (Maurinho 78’), Evandro (Athirson 77’) e Iranildo; Lúcio e Romário. Técnico: Sebastião Carlos da Silva Rocha – Sebastião Rocha.

EC BAHIA: William Andem, Odemílson, Marcão, Fabão e Quinho; Lima, Mantena, João Antônio (Ney Santos 55’) e Zinho; Edmundo (Guga 79’) e Demétrius (Camanducaia 63’). Técnico: Eugênio Souto Machado – Geninho.

 

25º jogo

FLAMENGO 1 x 4 EC BAHIA

Data: Domingo, 17 de setembro de 2000.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 11ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 45.727 espectadores.

Arbitragem: Paulo César de Oliveira, Flávio Lúcio Magalhães e Nélson de Souza Monção / SP

Gols: Jean 17’, Jajá 30’, 45’ e 70’ e Denílson 60’.

FLAMENGO: Júlio César, Maurinho (Alessandro 61’), Fernando, Ronaldo e Leonardo Inácio; Leandro Ávila, Rocha, Petkovic e Denílson (Lê 78’); Edílson e Adriano (Roma 72’). Técnico: Luiz Carlos Nunes da Silva – Carlinhos.

EC BAHIA: Emerson, Adriano (Fabrício Carvalho 84’), Jean, Carlinhos e Jéferson; Reginaldo Nascimento (Jean Elias 68’), Vágner (Luiz Carlos Capixaba 86’), Jorge Wagner e Iranildo; Dedê e Jajá. Técnico: Evaristo de Macedo Filho.

 

26º jogo

FLAMENGO 2 x 0 EC BAHIA

Data: Domingo, 19 de agosto de 2001.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 6ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: não divulgado.

Arbitragem: Luciano Augusto Teotônio Almeida, Eremílson Xavier Macedo e Nílson Alves Carrijo / DF.

Gols: Reinaldo 26′ e Edílson 72′.

FLAMENGO: Júlio César, Alessandro, Juan, Leonardo Valença e Cássio; Jorginho, Vampeta, Beto (Rocha 46′) e Fábio Augusto (Andrezinho 75′); Reinaldo (Roma 70′) e Edílson. Técnico: Mário Jorge Lobo Zagallo.

EC BAHIA: Emerson, Denílson, Jean, Jean Elias e Chiquinho; Bebeto Campos, Preto, Ramos e Fábio Costa; Marcus Vinícius (Régis 46′) e Nonato. Técnico: Evaristo de Macedo Filho.

 

27º jogo

FLAMENGO 1 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 2 de outubro de 2002.

Competição: Campeonato Brasileiro / Fase de Classificação / 16ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 14.780 pagantes.

Arbitragem: Leonardo Gaciba da Silva, Paulo Conceição e Villi Tissot / RS.

Gols: Iranildo 1′ e Ney Fabiano 81′.

FLAMENGO: Bruno Prandi, Felipe Melo, Flávio Tanajura (André Bahia 78′), Fernando e Anderson; Jorginho, Wendell (Anderson Gils 59′), Fábio Baiano e Iranildo (Marquinhos 71′); Sandro Hiroshi e Liédson. Técnico: Evaristo de Macedo Filho.

EC BAHIA: Emerson, Daniel, Marcelo Souza, Valdomiro e Calisto (Mantena 87′); Jair, Ramos, Carlinhos e Geraldo; Robson (Gil Baiano 69′) e Nonato (Ney Fabiano 76′). Técnico: José Cândido Sotto Mayor – Candinho.

 

28º jogo

FLAMENGO 2 x 1 EC BAHIA

Data: Domingo, 6 de abril de 2003.

Competição: Campeonato Brasileiro / 2ª rodada.

Local: Estádio Governador Otávio Mangabeira / Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: não divulgado.

Arbitragem: Sálvio Spínola Fagundes Filho / SP, Nílson de Souza Monção / SP e Válter José dos Reis / SP.

Gols: Felipe 12′ (pênalti – falta de Guto em Athirson), Fabinho 73’ (contra) e Fernando Baiano 89′.

FLAMENGO: Júlio César, Fábio Baiano, André Bahia, Fernando e Athirson; Fabinho, André Gomes, Felipe e Andrezinho; Jean (Felipe Melo 81′) e Zé Carlos (Fernando Baiano 66′). Técnico: Nelson Baptista Júnior – Nelsinho Baptista.

EC BAHIA: Márcio, Guto, Marcelo Souza, Valdomiro e Lino; Jair, Otacílio (Nílson 90′), Preto e Adriano (Luis Alberto 62′); Cláudio e Paulo Sérgio (Marcelo Nicácio 67′). Técnico: Raimundo Nonato Tavares da Silva – Bobô.

(*) O gol do Bahia aconteceu numa reposição de jogo. Júlio César chutou a bola que bateu nas costas de Fabinho e entrou.

 

29º jogo

FLAMENGO 6 x 0 EC BAHIA

Data: Quinta-feira, 7 de agosto de 2003.

Competição: Campeonato Brasileiro / 24ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 7.989 pagantes.

Arbitragem: Carlos Eugênio Simon, Altemir Hausmann e José Javel de Souza / RS.

Gols: Fernando 45′, Edílson 51′, 68′ e 88′ e Rafael 65′ e 67′.

FLAMENGO: Júlio César, Rafael, André Bahia, Fernando e Anderson; Fabinho, Fábio Baiano (Jônatas 26′), Fernando Diniz (Igor 60′) e Felipe (Andrezinho 81′); Jean e Edílson. Técnico: Osvaldo de Oliveira Filho – Osvaldo de Oliveira.

EC BAHIA: Emerson, Paulinho (Fabiano 78′), Marcelo Souza, Luis Fernando e Chiquinho; Jair, Neto (Wagner 82′), Preto e Luis Alberto; Didi e Jean Carlos (Possato 60′). Técnico: Evaristo de Macedo Filho.

 

30º jogo

FLAMENGO 3 x 3 EC BAHIA

Data: Domingo, 29 de maio de 2011.

Competição: Campeonato Brasileiro / 2ª rodada.

Local: Estádio Metropolitano Governador Roberto Santos / Pituaçu, em Salvador / BA.

Público: 27.357 pagantes / 32.157 presentes / 4.800 gratuidades.

Arbitragem: Cleber Wellington Abade, Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho van Gasse / SP.

Expulsão: Hélder 75’ (falta violenta em Bottinelli).

Gols: Lulinha 17’, Jobson 37’ e 90’, Ronaldinho Gaúcho 29’, Bottinelli 53’ e Egídio 73’.

FLAMENGO: Felipe, Rafael Galhardo (Jean 74’), Welinton, David Braz e Egídio; Willians (Fernando 84’), Tiago Neves, Bottinelli e Renato Abreu; Ronaldinho Gaúcho e Vanderlei (Diego Maurício 69’). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

EC BAHIA: Omar, Gabriel (Marcos 66’), Thiego, Titi e Avine; Fahel, Marcone, Hélder e Lulinha (Maranhão 84’); Jobson e Souza (Rafael 79’). Técnico: Renê Simões.

 

31º jogo

FLAMENGO 1 x 3 EC BAHIA

Data: Domingo, 4 de setembro de 2011.

Competição: Campeonato Brasileiro / 21ª rodada.

Local: Estádio João Havelange / Engenhão, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 9.755 pagantes / 13.538 presentes / 3.783 gratuidades.

Arbitragem: Alício Pena Júnior / MG, Marcelo Bertanha Barison / RS e Tatiana Jacques de Freitas / RS.

Gols: Titi 22’, Renato Abreu 29’, Dodô 32’ e Souza 45’.

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura (Fierro 56’), Gustavo, Ronaldo Angelim e Júnior César; Willians, Bottinelli (Guilherme Negueba 56’), Tiago Neves e Renato Abreu; Deivid (Diego Maurício 56’) e Jael. Técnico: Vanderlei Luxemburgo da Silva – Vanderlei Luxemburgo.

EC BAHIA: Tiago, Jancarlos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fabinho, Fahel, Ricardinho e Carlos Alberto (Diones 75’); Souza (Júnior 69’) e Reinaldo (Jones 61’). Técnico: Eduardo Barroca.

 

32º jogo

FLAMENGO 2 x 1 EC BAHIA

Data: Domingo, 15 de julho de 2012.

Competição: Campeonato Brasileiro / 9ª rodada.

Local: Estádio Metropolitano Governador Roberto Santos / Pituaçú, em Salvador / BA.

Público: 29.206 pagantes / 29.206 presentes.

Arbitragem: Francisco Carlos Nascimento / AL, Fabiano da Silva Ramires / ES e Otávio Correia de Araújo Neto / AL.

Expulsão: Luiz Antônio 44’ (falta violenta em Mancini).

Gols: Hernâne 30’, Kleberson 37’ e Renato Abreu 71’ (pênalti – falta de Danny Morais em Ibson).

FLAMENGO: Paulo Victor, Luiz Antônio, Marllon, Artur Sanches e Ramon (Magal 68’); Aírton, Ibson, Renato Abreu e Adryan (Diego Maurício 56’); Deivid (Guilherme Negueba – intervalo) e Hernâne. Técnico: Joel Natalino Santana – Joel Santana.

EC BAHIA: Marcelo Lomba, Fabinho (Vander 73’), Danny Morais, Titi e Hélder; Fahel (Jones – intervalo), Diones (Júnior 83’), Kleberson e Gabriel; Mancini e Souza. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

 

33º jogo

FLAMENGO 0 x 0 EC BAHIA

Data: Quinta-feira, 4 de outubro de 2012.

Competição: Campeonato Brasileiro / 28ª rodada.

Local: Estádio João Havelange / Engenhão, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 25.777 pagantes / 30.209 presentes / 4.432 gratuidades.

Arbitragem: Wagner Reway / MT, Carlos Berkenbrock / SC e Rafael da Silva Alves / RS.

FLAMENGO: Felipe, Wellington Silva, Frauches, Marcos Gonzalez e Magal; Renato Abreu, Ibson, Leonardo Moura e Cléber Santana (Wellington Bruno 69′); Liédson (Nixon 86′) e Hernâne (Adryan – intervalo). Técnico: Dorival Silvestre Júnior – Dorival Júnior.

EC BAHIA: Marcelo Lomba, Neto, Danny Morais,, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder e Zé Roberto (Kléberson 60′); Gabriel (Lulinha 84′) e Elias (Cláudio Pitbull 19′). Técnico: Jorge Amorim de Oliveira Campos – Jorginho.

 

34º jogo

FLAMENGO 0 x 3 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 31 de julho de 2013.

Competição: Campeonato Brasileiro / 10ª rodada.

Local: Complexo Esportivo Cultural Professor Otávio Mangabeira / Arena Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 23.321 pagantes / 26.033 presentes / 2.712 gratuidades.

Arbitragem: Héber Roberto Lopes, Carlos Berkenbrock e Rosnei Hoffmann Scherer / SC.

Gols: Fernandão 29′, Wallyson 45′ e Marquinhos Gabriel 77′.

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Marcos Gonzalez e João Paulo; Luiz Antônio, Elias, Adryan (Bruninho 70′) e Carlos Eduardo (Gabriel – intervalo); Paulinho (Fernandinho – intervalo) e Marcelo Moreno. Técnico: Luiz Antônio Venker Menezes – Mano Menezes.

EC BAHIA: Marcelo Lomba, Madson, Rafael Donato, Titi e Raul; Fahel (Diones 88′), Hélder, Rafael Miranda e Marquinhos Gabriel; Fernandão (Souza 79′) e Wallyson (Talisca 70′). Técnico: Cristóvão Borges.

 

35º jogo

FLAMENGO 2 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 16 de outubro de 2013.

Competição: Campeonato Brasileiro / 29ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 8.474 pagantes / 12.443 presentes / 3.969 gratuidades.

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio / GO, Bruno Boschilia / PR e Bruno Salgado Rizo / SP.

Gols: Paulinho 51′, Fernandão 78′ e Hernâne 84′.

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo (Luiz Antônio 7′); Amaral, Elias (Val 83′), Carlos Eduardo (Gabriel – intervalo) e André Santos; Paulinho e Hernâne. Técnico: Jayme de Almeida Filho.

EC BAHIA: Marcelo Lomba, Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Hélder (Anderson Talisca 83′), Rafael Miranda e Wallyson (Marquinhos Gabriel 22′); William Barbio (Souza 65′) e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

 

36º jogo

FLAMENGO 1 x 1 EC BAHIA

Data: Quarta-feira, 21 de maio de 2014.

Competição: Campeonato Brasileiro / 6ª rodada.

Local: Estádio Cláudio Moacyr Azevedo / Moacyrzão, em Macaé / RJ.

Público: 9.614 pagantes / 10.924 presentes / 1.310 gratuidades.

Arbitragem: Gilberto Rodrigues Castro Júnior, Clóvis Amaral da Silva e Elan Vieira de Souza / PE.

Gols: Paulinho 10′ e Anderson Talisca 92′.

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Caceres (Artur 65′), Márcio Araújo, Elano (Amaral 57′) e Éverton; Paulinho (Guilherme Negueba 75′) e Alecsandro. Técnico: Ney Franco.

EC BAHIA: Marcelo Lomba, Railan, Demerson, Titi e Pará (Henrique 71′); Fahel, Rafael Miranda, Branquinho (William Barbio 56′) e Hélder (Guilherme Santos 56′); Max Biancucchi e Anderson Talisca. Técnico: Marquinhos Santos.

 

37º jogo

FLAMENGO 1 x 2 EC BAHIA

Data: Domingo, 28 de setembro de 2014.

Competição: Campeonato Brasileiro / 25ª rodada.

Local: Complexo Esportivo Cultural Professor Otávio Mangabeira / Arena Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 36.452 pagantes / 36.826 presentes / 374 gratuidades.

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, José Eduardo Calza e José Javel Silveira / RS.

Gols: Emanuel Biancucchi 17′ e 49′ (pênalti – falta de João Paulo em Railan) e Eduardo da Silva 62′.

FLAMENGO: Paulo Victor, Leonardo Moura, Wallace (Chicão 14′), Samir e João Paulo; Márcio Araújo, Luiz Antônio, Canteros e Éverton; Eduardo da Silva (Artur 74′) e Élton (Gabriel – intervalo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo da Silva – Vanderlei Luxemburgo.

EC BAHIA: Marcelo Lomba, Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Guilherme; Rafael Miranda, Wellinton, Emanuel Biancucchi (Fahel 81′) e Diego Macedo (Pará 75′); Max Biancucchi (William Barbio 70′) e Henrique. Técnico: Gílson Kleina.

 

38º jogo

FLAMENGO 1 x 0 EC BAHIA

Data: Domingo, 25 de junho de 2017.

Competição: Campeonato Brasileiro / 10ª rodada.

Local: Complexo Esportivo Cultural Professor Otávio Mangabeira / Arena Fonte Nova, em Salvador / BA.

Público: 21.929 pagantes / 22.271 presentes / 342 gratuidades.

Arbitragem: Igor Júnio Benevenuto, Celso Luiz da Silva e Márcio Eustáquio Santiago / MG.

Expulsão: Lucas Fonseca 29’ (falta violenta em Guerrero).

Gol: Berrio 72’.

FLAMENGO: Thiago, Rodinei, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, William Arão (Berrio 64’), Diego e Éverton Ribeiro (Cuellar 76’); Matheus Sávio (Vinícius Júnior 57’) e Guerrero. Técnico: José Ricardo Mannarino.

EC BAHIA: Jean, Eduardo, Éder, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Mateus Sales, Juninho, Vinícius (Rodrigo Becão 33’) e Allione (Régis Souza 62’); Zé Rafael e Edgar Júnio (Mendoza – intervalo). Técnico: Jorge de Amorim Campos – Jorginho.

 

39º jogo

FLAMENGO 4 x 1 EC BAHIA / BA

Data: Quinta-feira, 19 de outubro de 2017.

Competição: Campeonato Brasileiro / 29ª rodada.

Local: Estádio Luso-Brasileiro / Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 6.951 pagantes / 8.282 presentes / 1.331 gratuidades.

Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Alex Ang Ribeiro e Anderson José de Moraes Coelho / SP.

Gols: Réver 50’ e 76’, Mendoza 68’ (pênalti – falta de Juan em Hernâni) e Diego 84’ (pênalti – Lucas Fonseca / mão na bola) e 86’.

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuellar, William Arão e Diego (Rômulo 87’); Berrío (Éverton Ribeiro – intervalo), Guerrero (Lucas Paquetá 64’) e Éverton. Técnico: Reinaldo Rueda.

EC BAHIA: Jean, Eduardo, Lucas Fonseca, Tiago e Juninho Capixaba; Édson, Renê Júnior, Zé Rafael (Allione 64’) e Vinícius (Régis 33’); Mendoza e Edigar Júnio (Hernâne 62’). Técnico: Paulo César Carpegiani.

 

40º jogo

FLAMENGO 2 x 0 EC BAHIA / BA

Data: Quinta-feira, 31 de maio de 2018.

Competição: Campeonato Brasileiro / 8ª rodada.

Local: Estádio Jornalista Mário Filho / Maracanã, no Rio de Janeiro / RJ.

Público: 50.141 pagantes / 55.382 presentes / 5.241 gratuidades.

Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima, Leirson Peng Martins e Lúcio Beiersdorf Flor / RS.

Gols: Diego 41’ e Lucas Paquetá 45’.

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte (Thuler 58’), Rhodolfo e Renê; Jonas (Rômulo – intervalo), Diego, Éverton Ribeiro e Lucas Paquetá; Henrique Dourado (Jean Lucas 79’) e Vinícius Júnior. Técnico: Maurício Barbiéri.

EC BAHIA: Anderson, João Pedro, Lucas Fonseca, Thiago e Mena; Gregore (Flávio 74’), Élton, Vinícius (Júnior Brumado 68’) e Zé Rafael; Élber e Régis (Allione 74’). Técnico: Guto Ferreira.

 

 

# Campeonato Brasileiro (1967 – 2018)

– Jogos válidos: 40

– Vitórias do Flamengo: 13

– Vitórias do Flamengo no Estado do Rio de Janeiro: 6

– Vitórias do Flamengo no Estado da Bahia: 7

– Vitórias do Flamengo em campo neutro: 0

– Vitórias do EC Bahia: 12

– Vitórias do EC Bahia no Estado do Rio de Janeiro: 3

– Vitórias do EC Bahia no Estado da Bahia: 8

– Vitórias do EC Bahia em campo neutro: 1

– Empates: 15

– Empates no Estado do Rio de Janeiro: 4

– Empates no Estado de Estado da Bahia: 11

– Empates em campo neutro: 0

 

– Total de gols no confronto: 94

– Média de gols por jogo: 2,35

– Total de gols do Flamengo: 54

– Média de gols do Flamengo: 1,35

– Total de gols do EC Bahia: 40

– Média de gols do EC Bahia: 1

 

– Maior número de gols do Flamengo: Edílson / 4

– Maior número de gols do EC Bahia: Jajá / 3

 

– Técnicos com o maior número de jogos no Flamengo: Carlinhos e Vanderlei Luxemburgo / 4

– Técnico com o maior número de jogos pelo EC Bahia: Paulinho de Almeida / 3

– Técnico com o maior número de jogos pelos dois clubes: Evaristo de Macedo / 5

 

– Maior público: 87.876 / 12 de novembro de 1987

– Menor público: 736 / 24 de novembro de 1996

(*) Públicos dos jogos de 1968, 1969, 1970, 2001 e 2003 não foram divulgados.

 

– Maior invencibilidade do Flamengo: 10 jogos (27/9/72 a 12/11/87)

– Maior invencibilidade do EC Bahia: 11 jogos (18/9/88 a 17/9/00)

 

– Árbitro com o maior número de atuações: Romualdo Arpi Filho / 5

– Estádios com o maior número de jogos: Fonte Nova / 24